Doria envia sinal a Alckmin de que aceita ser candidato a governador

Após ver a sua rejeição aumentar, o prefeito Doria começa a enxergar que a presidência é muita areia para o seu caminhãozinho.

1641 0

Após ver a sua rejeição aumentar, o prefeito Doria começa a enxergar que a presidência é muita areia para o seu caminhãozinho

Da Redação*

Após ver a sua rejeição aumentar, em função de inúmeros erros, entre eles uma série de viagens pelo Brasil e pelo mundo enquanto a cidade afunda em problemas concretos, o prefeito Doria começa a enxergar que a presidência é muita areia para o seu caminhãozinho.

Os indícios começam a surgir aqui e acolá. Um dos sinais mais evidentes foi a resposta que deu em entrevista ao Estadão em Milão, onde estava fazendo sabe-se lá o quê. O repórter Pedro Venceslau questionou se Doria (na foto passeando em Veneza) aceitaria disputar o governo de São Paulo em 2018, caso Alckmin pedisse.

A resposta veio a léguas de distância da habitual prepotência do prefeito turista:

“Toda solicitação que venha do governador Alckmin vai merecer meu respeito e atenção. Ele não solicitou. Se tivermos alguma conversa no futuro nesse sentido, qualquer ponderação e diálogo que envolva o governador Geraldo Alckmin terá a minha participação e meu interesse em atendê-lo”, disse.

*Com informações do Estadão

Foto: @Jdoriajr



No artigo

x