Em jantar com Temer, Doria diz que decisão sobre Aécio “traz paz e tranquilidade”

Na ocasião, o prefeito disse ainda que “Precisamos ter os valores institucionais protegidos”

1078 0

Na ocasião, o prefeito disse ainda que “precisamos ter os valores institucionais protegidos”

Da Redação*

João Doria comemorou, nesta terça-feira (17), a decisão do Senado que restabelece o mandato de Aécio Neves (PSDB-MG). Para o prefeito, a decisão “traz paz e tranquilidade”. O tucano declarou que a posição dos senadores foi “serena e soberana”.

“Não apenas estabeleceu essa decisão em prol do senador Aécio Neves, circunstancialmente do nosso partido. Mas também de proteção ao Congresso”, disse João Doria. “Precisamos ter os valores institucionais protegidos”.

O prefeito de São Paulo participou de um jantar com o presidente Michel Temer em Brasília. No encontro, os 2 concordaram com a decisão do Senado e a avaliaram como “pacificadora” e “justa”.

Apenas os dois participaram do jantar. Não houve ministros ou congressistas na reunião.

O prefeito aproveitou o encontro para pedir ao presidente investimentos em São Paulo. Entre os aportes, há a negociação de 1) empréstimo de R$ 1 bilhão com o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) para reasfaltamento das vias da cidade e 2) investimentos de R$ 45 milhões pelo Ministério do Desenvolvimento Social para população em situação de rua.

O convite para o jantar foi feito pelo peemedebista. Estava marcado para as 20h30, mas Temer e Doria chegaram por volta das 21h10. Logo após o fim do encontro, perto das 23h20, o prefeito partiu rumo a São Paulo, onde cumpre agenda na 4ª feira (18.out) já pela manhã.

*Com informações do Poder 360



No artigo

x