“Comigo, estão condenando todas as mulheres a uma cultura de estupro”, diz ex-ministra que criticou Frota

Ex-ministra de Políticas para Mulheres, Eleonora Menicucci foi condenada em primeira instância por criticar Frota por apologia ao estupro. Ex-presidenta Dilma Rousseff gravou vídeo de apoio à Menicucci, que será julgada em segunda instância...

6953 0

Ex-ministra de Políticas para Mulheres, Eleonora Menicucci foi condenada em primeira instância por criticar Frota por apologia ao estupro. Ex-presidenta Dilma Rousseff gravou vídeo de apoio à Menicucci, que será julgada em segunda instância no próximo dia 24

Por Redação*

Está marcado para o próximo dia 24 o julgamento em segunda instância do processo movido pelo ator pornô Alexandre Frota contra a ex-ministra de Políticas para Mulheres, Eleonora Menicucci. Ela foi condenada em primeira instância em maio por criticar o fato de o ministro da Educação, Mendonça Filho, ter recebido Frota em seu gabinete e afirmado que o ator fez apologia ao estupro.

Ela se referia, à época, ao dia em que, em um programa de TV, o ator pornô assumiu que fez sexo com uma sacerdotisa de candomblé desacordada. De acordo com o Código Penal, a prática de relações sexuais com uma pessoa que “por qualquer causa, não pode oferecer resistência”, é definida como estupro de vulnerável.

“Não só assumiu ter estuprado uma mulher, mas também faz apologia ao estupro”, disse. Pela afirmação, ela foi condenada a pagar R$ 10 mil por danos morais a Frota.

“Ao me condenar, estão condenando todas as mulheres brasileiras e, mais grave ainda, estão legitimando a cultura de estupro no Brasil”, disse a ex-ministra ao site Brasil de Fato, às vésperas do novo julgamento.

Pelo Facebook, a ex-presidente Dilma Rousseff postou um vídeo de apoio a Eleonora.

Assista.

*Com informações do Brasil de Fato

 

 

 



No artigo

x