Gordofobia: Anúncio de emprego pede “babá magra para caber no carro”

Vaga oferece remuneração de R$ 1 mil para 15 dias seguidos de trabalho e causou revolta nas redes sociais.

1846 0

Vaga oferece remuneração de R$ 1 mil para 15 dias seguidos de trabalho e causou revolta nas redes sociais.

Da Redação*

Uma manifestação de gordofobia vem causando revolta nas redes sociais.  Um anúncio de vaga de emprego para babá, publicado no Facebook por uma mulher de Fortaleza, no Ceará, provocou reação imediata. Entre vários requisitos, a vaga exige que a funcionária tenha boa aparência e seja “magra para caber no carro” junto com as cadeirinhas das crianças no banco de trás. A oferta de trabalho é para cuidar de uma criança de 3 anos e um bebê de 3 meses e oferece remuneração de R$ 1 mil para 15 dias de trabalho consecutivos seguidos de 15 dias de folga “de sobreaviso caso seja necessário trabalhar”.

A mulher também exige que a candidata à vaga não tenha filhos menores de 5 anos e “nem problemas familiares que a obriguem a faltar o serviço”. Outra exigência é que a futura babá não tenha “vícios de celular”, que terá o uso proibido nos dias de trabalho. O anúncio diz ainda que enquanto as crianças estiverem na creche, a futura contratada terá que “auxiliar nas atividades da casa”.

Nas redes sociais, vários internautas se revoltaram com o anúncio e os requisitos exigidos para a vaga. “O problema 1 é a vaga, o 2 é a gordofobia e o problema 3 é a negligência aos filhos”, escreveu uma mulher no Twitter. “Busco: Babá do palácio de Buckingham. Pago: ‘Dois pasteis e um chopp”’, escreveu outro internauta. “Isso é algo que beira a escravidão. Tanta exigência sem querer proporcionar sequer uma remuneração justa”, escreveu outra pessoa.

*Com informações de O Globo

Foto: Reprodução/Facebook



No artigo

x