Empresários fogem de pedidos de doação de Doria

Sob a condição de não terem seus nomes citados, cinco presidentes de grandes empresas falaram sobre seu incômodo com o prefeito de São Paulo. Da Redação...

754 0

Sob a condição de não terem seus nomes citados, cinco presidentes de grandes empresas falaram sobre seu incômodo com o prefeito de São Paulo.

Da Redação

Sabe quando aquele seu amigo te coloca numa saia justa e você não tem como escapar. Pois bem, é o que vem acontecendo com empresários que são convidados pelo prefeito João Doria (PSDB), a fazer doações “espontâneas” para projetos de sua gestão.

Parece que a euforia inicial com o mandatário virou fogo de palha. Pelo menos é o que indica uma publicação da Revista Exame, onde cinco presidentes de grandes empresas de tecnologia, seguros e construção expuseram seu incômodo com os constantes pedidos do ex-apresentador de “O Aprendiz”.

Sob a condição de não terem seus nomes citados, eles relataram que vêm adiando a presença em reuniões com Doria o máximo possível. Inclusive, em um recente evento em São Paulo, um grupo de empresários disputava a última fileira de cadeiras do salão para ficar longe do radar da equipe do prefeito. Os incomodados argumentam ainda que os pedidos ocorrem sem que tenham tempo de avaliar em que projeto exatamente estão se envolvendo.

Procurada, a prefeitura de São Paulo diz que convida as empresas a doar cumprindo os prazos legais e que conta com o “espírito cidadão” das companhias, e “que entendem que uma cidade melhor as beneficiará”.

*com informações da Revista Exame
Foto: Heloísa Ballarini/SECOM-PMSP



No artigo

x