Governo espanhol decide destituir presidente da Catalunha

Em medida inédita, primeiro-ministro Mariano Rajoy informou que vai destituir o presidente e o parlamento da Catalunha utilizando o Artigo 155 da Constituição “para restaurar a legalidade”. Destituição precisa ainda ser aprovada pelo Senado,...

1264 0

Em medida inédita, primeiro-ministro Mariano Rajoy informou que vai destituir o presidente e o parlamento da Catalunha utilizando o Artigo 155 da Constituição “para restaurar a legalidade”. Destituição precisa ainda ser aprovada pelo Senado, mas aprovação é tida como certa

Por Redação

Em medida inédita na democracia espanhola, o primeiro-ministro Mariano Rajoy informou neste sábado (21) que vai destituir o presidente da Catalhunha, Carles Puigdemont, e todo o parlamento da região utilizando o Artigo 155 da Constituição “para restaurar a legalidade”. A ideia é convocar novas eleições em seis meses.

Em entrevista coletiva, Rajoy argumentou que os objetivos da aplicação do Artigo 155 são, nesta ordem, retomar a legalidade, restabelecer a normalidade, manter a recuperação econômica e realizar novas eleições. A medida vem logo após o polêmico plebiscito, no começo do mês, em que foi aprovada a independência da região.

O Artigo 155 da Constituição espanhola estabelece que, se uma autoridade autônoma não atende aos requerimentos para voltar à legalidade, o governo pode aprovar um decreto com medidas concretas para assumir as responsabilidades regionais.

Medida precisa ainda ser aprovada pela maioria no Senado, mas aprovação é tida como certa. Votação deve ocorrer na próxima semana.

 

 



No artigo

x