Repreendido por professor por chegar atrasado, aluno põe fogo e destrói escola no Acre

A Escola Estadual Rural Vicente Brito de Sousa, no município de Feijó, ficou completamente destruída, tanto o imóvel quanto o material didático, computadores e o estoque de merenda. Ninguém ficou ferido, mas cerca de 100 alunos ficaram sem aula.

1458 0

A Escola Estadual Rural Vicente Brito de Sousa, no município de Feijó, ficou completamente destruída, tanto o imóvel quanto o material didático, computadores e o estoque de merenda. Ninguém ficou ferido, mas cerca de 100 alunos ficaram sem aula.

Da Redação*

Um jovem de apenas 14 anos colocou fogo em uma escola no município de Feijó, interior do Acre. De acordo com a polícia, o estudante provocou o incêndio, depois de ter sido repreendido por um professor por chegar atrasado em sala de aula. A Escola Estadual Rural Vicente Brito de Sousa ficou completamente destruída, tanto o imóvel como o material didático, computadores e o estoque de merenda. Ninguém ficou ferido, mas cerca de 100 alunos ficaram sem aula.

Segundo informações divulgadas pela polícia, o jovem teve a ajuda de Carlos da Luz Ribeiro, de 19 anos, que foi preso e levado para a penitenciária de Feijó. O estudante foi encaminhado para um centro socioeducativo para reabilitação de menores de idade.

*Com informações de O Dia

Foto: Divulgação/Polícia Civil



No artigo

x