Lula garante que vence Luciano Huck e Sergio Moro nas urnas

Líder em todos os cenários de intenção de voto, o ex-presidente, em caravana por Minas Gerais, afirmou não ter medo da concorrência nas eleições de 2018 e desafiou outros possíveis candidatos a disputar contra ele.

860 0

Líder em todos os cenários de intenção de voto, o ex-presidente, em caravana por Minas Gerais, afirmou não ter medo da concorrência nas eleições de 2018 e desafiou outros possíveis candidatos a disputar contra ele.

Da Redação*

Luiz Inácio Lula da Silva, líder nas pesquisas de intenção de voto para 2018, desafiou outros possíveis candidatos a disputar contra ele nas urnas e voltou a indicar que é vítima de um complô que tenta impedi-lo de concorrer a um terceiro mandato. O ex-presidente ainda fez críticas ao governo de Michel Temer, falando em compra de votos dos parlamentares. “Se eles quiserem que eu não seja candidato e que eu não volte a ser presidente, eles só têm um jeito”, disse Lula, em discurso na rua da cidade de Itaobim, em Minas Gerais, local da segunda etapa de sua caravana. As informações são de reportagem de Marcos de Moura e Souza, do Valor.

“Não é tentar evitar que eu seja candidato, é ter coragem; que coloque o Ministério Público, que coloque a Rede Globo, o Luciano Huck, que coloque o [juiz Sergio] Moro, que coloque quem eles quiserem para disputar as eleições. Quando a gente abrir a urna a gente vai ver o que vai acontecer depois”, disse Lula, em meio a gritos e aplausos de apoiadores.

O petista está em seu terceiro dia viagem por Minas. Desde segunda-feira, fala em palanques e carros de som em cidades pelo estado, cumprindo uma agenda de pré-campanha eleitoral. Seus discursos têm sido marcados por acusações contra as ações da Polícia Federal, Ministério Público e contra Moro em relação aos processos relacionados à corrupção que pesam contra ele. “Até agora eles não conseguiram provar uma agulha na minha vida. Revistaram a minha casa, são responsáveis pela morte da minha mulher“, disse.

*Com informações do Valor e do Brasil 247

Foto: Ricardo Stuckert/Fotos Públicas



No artigo

x