Quem é Paulo Sotero, o que ri da piada racista de William Waack?

Companheiro de piada racista do jornalista da Globo é diretor de uma instituição norte-americana. O vídeo, inclusive, foi gravado há exatamente 1 ano, em 8 de novembro de 2016, durante a cobertura da vitória...

3893 0

Companheiro de piada racista do jornalista da Globo é diretor de uma instituição norte-americana. O vídeo, inclusive, foi gravado há exatamente 1 ano, em 8 de novembro de 2016, durante a cobertura da vitória de Donald Trump

Por Redação

O assunto desta quarta-feira (8) é, definitivamente, a declaração racista de William Waack, jornalista da Globo, que vazou em um vídeo nas redes sociais. Pouca atenção se deu, no entanto, ao homem que ri quando o âncora fala que as buzinas que o incomodavam era “coisa de preto”. O homem ao lado de Waack responde que “sim” quando o jornalista faz a “piada”.

Trata-se de Paulo Sotero, um dos principais apoiadores do impeachment da ex-presidenta Dilma Rousseff em território norte-americano. Ele é diretor do Brazil Center no Woodrow Wilson Center, uma instituição dos Estados Unidos de estudos de geopolítica. Ele estava com Waack, na ocasião, para comentar a vitória do presidente Donald Trump. A transmissão em que o jornalista fez a declaração racista foi ao ar há exatamente um ano, em 8 de novembro de 2016.

Fórum apurou que Sotero, que já foi correspondente da Globo, não é tão odiado quanto Waack na emissora, mas é considerado um dos jornalistas mais “chatos” que já passou por lá.

Ao site BuzzFeed Brasil, Sotero disse que não se lembrava do vídeo e que – apesar de o vídeo mostrar que ele ri e concorda – não “brinca” com racismo.

Waack e Globo, por sua vez, ainda não se pronunciaram.

 



No artigo

x