Lázaro Ramos faz postagem em resposta a William Waack: “Racismo é crime e ponto final”

Conhecido por militar pela igualdade racial, o ator utilizou da frase usada pelo jornalista no vídeo, “coisa de preto”, para enaltecer as conquistas de personalidades negras. Para isso, reproduziu um texto de Johnatan Oliveira Raimundo.

5019 0

Conhecido por militar pela igualdade racial, o ator utilizou da frase usada pelo jornalista no vídeo, “coisa de preto”, para enaltecer as conquistas de personalidades negras. Para isso, reproduziu um texto de Johnatan Oliveira Raimundo.

Da Redação*

O ator Lázaro Ramos, conhecido por militar pela igualdade racial, fez uma publicação no Instagram, em resposta ao escândalo que levou ao afastamento do jornalista William Waack da Rede Globo. Lázaro compartilhou nas redes sociais trechos do texto de uma pessoa chamada Johnatan Oliveira Raimundo, que fala sobre “coisa de preto”. Em seguida, o ator escreve: “E eu completo aqui: é tudo isso e muito mais. E pra vc o que É? E só pra não esquecer: Racismo é crime e ponto final”.

O texto diz o seguinte: “#coisadepreto. Trechos do Texto de Johnatan Oliveira Raimundo. “Coisa de Preto é a bruxaria contida num conto de Machado de Assis. Um samba escrito pela caneta de Mauro Diniz. Coisa de preto é a poesia de Cartola. Os dedos a bailar sobre o violão de Paulinho da Viola. Ah, só podia ser preto – Romário, Imperador, Ronaldinho. Responder ao racismo com Lamentos em forma de chorinho. Pixinguinha, preto rei, rei dessa coisa escura. Renato Gama autodidata senhor da soltura. Coisa de preto é manter-se grande diante de quem mata. É se precisar ameaçar com canhão pelo fim da chibata. Coisa de preto é viver com alegria. Inventar a matemática, arquitetura, medicina, agricultura e filosofia. Ser parte da primeira civilização. Ser senhor do Blues, do Samba, do Reggae, do Pop, Soul, do Jazz. É manter amor a Terra diante de um povo que a desdenha pelo céu. Coisa de preta é Jovelina partideira. Milton, Djavan, Tim, Alcione e Candeia. Veja a noite Yurugu, fique atento. É preta a senhora dona do vento. Veja, estejas pronto e ouvindo”. Jonathan Oliveira Raymundo.

Os seguidores do ator elogiaram a sua postagem e se juntaram ao ator na reconstrução da frase “é coisa de preto”. Uma delas escreveu: “Bravo! Tenho orgulho da minha cor, da minha raça! #racismoécrimeepontofinal”. “É coisa de preto aguentar ignorância dos brancos”, pontuou outra.

*Com informações do BOL

Foto: Wikimedia Commons

 



No artigo

x