“Nunca votei no Lula, mas agora vou votar”, revela João Gordo

O músico e apresentador está convencido de que somente o ex-presidente Lula pode unificar o País: “Do jeito que a coisa está indo, em 2039 a suástica vai ser moda, cara. Vai ter pijaminha de suástica. Óculos de suástica. A bandeira do Brasil vai...

3263 0

O músico e apresentador está convencido de que somente o ex-presidente Lula pode unificar o País: “Do jeito que a coisa está indo, em 2039 a suástica vai ser moda, cara. Vai ter pijaminha de suástica. Óculos de suástica. A bandeira do Brasil vai ter uma suástica vermelhona”, diz.

Da Redação*

João Gordo, músico e apresentador, está convencido de que somente o ex-presidente Lula pode unificar o País e tirar o Brasil da crise que não tem previsão de reversão. Ele revelou que nunca foi eleitor de Lula, mas agora está determinado a votar nele para barrar os “idiotas” que “se juntaram”.

“Nunca votei no Lula, mas agora vou votar. Porque, do jeito que a coisa está indo, em 2039 a suástica vai ser moda, cara. Vai ter pijaminha de suástica. Óculos de suástica. A bandeira do Brasil vai ter uma suástica vermelhona. Depois que fizeram um monte de bosta, o brasileiro está completamente tomado, manipulado por isso aqui [aponta para o celular]. Está tudo polarizado. Os idiotas se juntaram”, disse João Gordo, em entrevista ao UOL.

Ele repudia ainda a candidatura de Jair Bolsonaro, cujos eleitores, em sua opinião, são fascistas. “O que o cara fala no celular hoje é o que falava sozinho em casa, no bar com o amigo. De repente, começaram a ver que tinha um monte de gente que pensava igual. Eles começaram a se juntar nesse movimento fascistão. Você vê o monte de babaca que tem por aí. E o negócio é isso aí. Bolsonaro no seu rabo, meu irmão. Não duvido nada que daqui a pouco haja suástica para tudo que é lado. Em boca fechada não entra mosquito. Nego vai começar a sumir”.

*Com informações do UOL e do Brasil 247

Foto: YouTube

 



No artigo

x