Zé Celso e artistas do Oficina convocam para ato contra as torres de Silvio Santos

Chamado de “Domingo no Parque”, o evento é definido pelos artistas como “um ato público para evocar do Parque do Bixiga num rito de multidão”.

720 0

Chamado de “Domingo no Parque”, o evento é definido pelos artistas como “um ato público para evocar do Parque do Bixiga num rito de multidão”.

Da Redação*

O diretor Zé Celso Martinez Corrêa e os artistas do Teat(r)o Oficina convocaram uma manifestação artística contra as torres de Silvio Santos. O encontro será realizado no próximo domingo (26), a partir das 14 horas, na sede do grupo, à Rua Jaceguai, 520, no Bixiga, em São Paulo. Chamado de “Domingo no Parque”, o evento é definido pelos artistas como “um ato público para evocar do Parque do Bixiga num rito de multidão”. As informações são do blog do Arcanjo, no UOL.

O objetivo é tentar convencer Silvio Santos a não construir torres no terreno que possui ao lado do teatro. Eles querem que o empresário aceite trocá-lo por outro, com intermediação da Prefeitura de São Paulo, transformando o espaço em um grande parque público, o “Parque do Bixiga”.

Silvio Santos até o momento não aprova a ideia e não abre mão de sua propriedade.O evento prevê um ato ecumênico, um cortejo e um abraçaço no quarteirão onde fica o Oficina e o terreno de Silvio Santos. Os artistas prometem “banho de cheiro com carro pipa” para “cantar, regar e irradiar a primavera cultural”. Ao fim, haverá “coro de blocos e transbandas” em uma grande festa.

Na semana passada, Fernanda Torres lançou livro no Oficina, acompanhada de Antonio Fagundes e Fernanda Montenegro, em apoio ao Oficina.

*Com informações do blog do Arcanjo, no UOL

Foto: YouTube



No artigo

x