Nua no Museu: Daniela Mercury faz show no Masp e protesta com seios pintados

Em apresentação pelos 70 anos do Museu de Arte de São Paulo, a baiana se apresentou com os seios cobertos apenas por uma pintura e desabafou, em suas redes sociais, em favor da arte: "Não há prisão para a imaginação".

1142 0

Em apresentação pelos 70 anos do Museu de Arte de São Paulo, a baiana se apresentou com os seios cobertos apenas por uma pintura e desabafou, em suas redes sociais, em favor da arte: “Não há prisão para a imaginação”.

Da Redação*

No último final de semana a cantora Daniela Mercury criticou o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, em apresentação na Parada LGBT carioca. Agora, ela voltou a se manifestar em público. Em show pelos 70 anos do Museu de Arte de São Paulo, a baiana se apresentou com os seios cobertos apenas por uma pintura e desabafou, em suas redes sociais, em favor da arte:

“Não há prisão para a imaginação. Podem fechar os olhos, tapar os ouvidos e ainda assim a arte estará dando sentido à vida. As galerias são a nossa garganta, as telas são nosso corpo. O teatro são as ruas e qualquer lugar que acolha nossa ficção cotidiana e a nossa invenção individual e coletiva. Ninguém prende artista, nem dentro, nem fora de si. Proibir a arte é proibir a vida, é proibir a existência do homem”, disse ela, escrevendo as hashtags: “Nua no museu. Meu corpo é arte. Iuri Sarmento. 70 anos do Masp. Censura nunca mais. Não à censura. Liberdade. Daniela Mercury”.

Em outras postagens, a artista também descreveu como foi a apresentação: “Noite para celebrar a arte e os artistas”, e voltou a desabafar sobre a censura a trabalhos artísticos que envolvem nudez: “As nossas vergonhas nunca foram um corpo sem roupa. Os nossos pecados são a violência e o autoritarismo. Vamos celebrar sem medo a liberdade tão arduamente conquistada por nós e por todos que vieram antes”.

Na noite de um jantar beneficente, a apresentação da cantora também teve a participação de Mariana Aydar e do músico Mestrinho. Nos comentários das fotos compartilhadas por Mercury, que teve o corpo pintado pelo artista plástico Iuri Sarmento, fãs elogiaram o posicionamento da artista: “Achei ótimo essa ideia de pintar o corpo!Essa inovação e ousadia que a faz uma pessoa incrível!Parabens, La Mercury!”, “Menina, agora que percebi que a parte de cima é uma pintura!! Que show!!! Sempre revolucionando e provocando a sociedade para reflexão!”, “Toda mulher que se impõe, nos liberta!” Simples assim!! Obrigada por nos representar tão bem!! E viva a liberdade de expressão!”, escreveram alguns seguidores.

*Com informações do Extra

Foto: Reprodução/Instagram



No artigo

x