Pedro Cardoso se levanta e vai embora de programa da EBC em solidariedade aos trabalhadores em greve

“Não vou responder nenhuma pergunta por que quando cheguei aqui encontrei uma empresa em greve, e eu não participo de programas de empresas que estão em greve”, disse o ator no início do programa...

13345 0

“Não vou responder nenhuma pergunta por que quando cheguei aqui encontrei uma empresa em greve, e eu não participo de programas de empresas que estão em greve”, disse o ator no início do programa ao vivo “Sem Censura”. Ele ainda defendeu a atriz Taís Araújo, atacada com declarações racistas pelo atual presidente da emissora, Laerte Rimoli. Assista

Por Redação

O ator Pedro Cardoso, que vem fazendo duras críticas ao governo Temer, protagonizou na tarde desta quinta-feira (23) uma cena histórica no programa “Sem Censura”, da TV Brasil, canal público de televisão vinculado à EBC.

Logo na abertura do programa de entrevistas, Cardoso afirmou que não responderia a nenhuma pergunta pois ficou sabendo que os trabalhadores da EBC estão em greve e se retirou em solidariedade aos grevistas.

“Não vou responder nenhuma pergunta por que quando cheguei aqui encontrei uma empresa em greve, e eu não participo de programas de empresas que estão em greve”, disse.

A greve dos trabalhadores da EBC foi deflagrada há dez dias por conta de propostas de congelamento de salários e corte de benefícios.

Além da solidariedade aos grevistas, Pedro Cardoso saiu em defesa da atriz Taís Araújo e criticou o presidente da EBC, Laerte Rimoli, que recentemente fez declarações racistas ao falar da atriz.

Assista.



No artigo

x