Veja lança Alckmin como o novo candidato anti-Lula

Passado o “frisson” Doria e Huck e com Aécio descartado, a revista Veja resolveu, em sua capa desta semana, voltar a lançar o nome do bom e velho tucano conhecido da revista, o governador...

1525 0

Passado o “frisson” Doria e Huck e com Aécio descartado, a revista Veja resolveu, em sua capa desta semana, voltar a lançar o nome do bom e velho tucano conhecido da revista, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin

Por Redação

A revista Veja, em suas capas deste ano, já apostou até mesmo em Michel Temer, que hoje amarga nos menos de 3% de aprovação popular. Até ano passado, ainda tinha Aécio Neves (PSDB) como um nome forte para continuar sendo o anti-Lula, mesmo após a derrota para Dilma Rousseff em 2014. Este ano, no entanto, a revista da Editora Abril o descartou.

Sem dedicar capa exclusivamente a eles, a revista Veja parecia esperar que se passasse o “frisson” das possíveis candidaturas de João Doria (PSDB) e Luciano Huck para voltar ao seu habitat natural de apoio os tucanos tradicionais. E foi o que fez: com o apequenamento de Doria e a confirmação da “desistência” de Huck com relação a uma candidatura a presidência nesta semana, a Veja logo tratou de lançar o governador Geraldo Alckmin (PSDB) como o novo (velho) candidato anti-Lula.

“Os tucanos finalmente avançaram algumas casas no tabuleiro”, diz o texto introdutório da matéria de capa, que considera um “avanço” o fato de Alckmin ter assumido, recentemente, a presidência do PSDB. Para a revista, tal cenário praticamente sacramenta o nome de Alckmin como o de candidato do PSDB à presidência em 2018.

“O voo dos tucanos: o governador Geraldo Alckmin assume o comando do PSDB e aproveita a desistência de Luciano Huck para fazer avançar sua candidatura ao Palácio do Planalto”, diz a chamada da capa da revista que vai às bancas nesta sexta-feira (1).

 



No artigo

x