Senador baiano desmente jornal de ACM Neto e diz que não vota Previdência de Temer

Otto Alencar postou em sua página no Facebook o que chama de resposta ao jornal Correio da Bahia, que publicou que ele teria se reunido com o peemedebista para negociar apoio à votação da Previdência.

636 0

Otto Alencar postou em sua página no Facebook o que chama de resposta ao jornal Correio da Bahia, que publicou que ele teria se reunido com o peemedebista para negociar apoio à votação da Previdência.

Da Redação

O senador baiano Otto Alencar (PSD) foi enfático ao desmentir matéria publicada no jornal Correio da Bahia, de propriedade do prefeito de Salvador ACM Neto (DEM), na qual teria se reunido pessoalmente com Michel Temer (PMDB) para discutir o possível apoio à votação da reforma da Previdência Social. A reportagem cita textualmente: “Otto já colocou o preço dele na mesa e conversa diretamente com Temer”. Em sua página no Facebook, Alencar divulgou o que chamou de “Resposta do senador Otto Alencar ao Correio da Bahia”.

“Nunca negociei e nunca me reuni com o presidente Michel Temer para negociar qualquer tipo de apoio à absurda reforma da Previdência Social. Trata-se de uma notícia mentirosa, inverídica e totalmente falsa. Os deputados federais do PSD Bahia -, Antônio Brito, Fernando Torres, José Brito, Paulo Magalhães e Sérgio Brito -, já assumiram comigo o compromisso que irão votar na Câmara Federal contrários à proposta que penaliza e retira direitos garantidos aos trabalhadores brasileiros e baianos. Assim como apoiamos o afastamento de Michel Temer em decorrência da denúncia do Ministério Público por corrupção e formação de quadrilha, vamos lutar para derrubar a reforma da previdência. Tenho permanentemente lutado para que o governo federal cumpra com a Bahia o repasse do empréstimo de R$ 600 milhões que irão beneficiar os baianos com obras nas áreas de educação, saúde e infraestrutura, recursos estes que estão sendo bloqueados pelos dirigentes locais do DEM, PMDB e PSDB do nosso Estado. Reafirmo o meu total compromisso e do PSD Bahia em defesa da luta e manutenção dos direitos dos trabalhadores. Mente vergonhosamente o Correio da Bahia com este método antigo e carcomido. Para o PSD Bahia e para mim, os direitos dos trabalhadores são INEGOCIÁVEIS!”.

Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado



No artigo

x