Defesa prova que dinheiro é lícito e Moro manda desbloquear aposentadoria de Lula

O juiz de Curitiba havia bloqueado mais de R$60 mil proveniente da aposentadoria do ex-presidente ao condená-lo em primeira instância pelo caso do “triplex do Guarujá” Por Redação...

3494 0

O juiz de Curitiba havia bloqueado mais de R$60 mil proveniente da aposentadoria do ex-presidente ao condená-lo em primeira instância pelo caso do “triplex do Guarujá”

Por Redação

O juiz Sérgio Moro determinou, nesta quinta-feira (7), que sejam desbloqueados os R$63.702,54 provenientes da aposentadoria do ex-presidente Lula. O valor estava bloqueado a mando de Moro desde julho, quando condenou o petista em primeira instância no caso do “triplex do Guarujá”.

Para o juiz de Curitiba, que bloqueou boa parte dos bens do ex-presidente, o dinheiro era ilegal. Há meses, no entanto, que a defesa de Lula vem tentando reverter os bloqueios. Moro só desbloqueou o dinheiro da aposentadoria pois a defesa apresentou documentos comprovando que os valores eram provenientes da aposentadoria de Lula e, portanto, lícitos.

Continuam bloqueados, no entanto, também a mando de Moro, cerca de R$9 milhões de fundos de previdência do ex-presidente e da ex-primeira dama, Dona Marisa Letícia. Para o juiz de Curitiba, os valores dos fundos de previdência são ilícitos. Ele deu um prazo de 10 dias, a partir de hoje, para que a defesa de Lula prove que o dinheiro é legal.

 

 



No artigo

x