Temer tem infecção urinária e especulações sobre sua saúde aumentam

Peemedebista foi diagnosticado neste domingo (31) com infecção urinária; ele ainda está com uma sonda na uretra por causa de uma cirurgia feita no dia 13 de dezembro.

1123 0

Peemedebista foi diagnosticado neste domingo (31) com infecção urinária; ele ainda está com uma sonda na uretra por causa de uma cirurgia feita no dia 13 de dezembro.

Da Redação*

Michel Temer foi diagnosticado neste domingo (31) com infecção urinária. O peemedebista, que está com a família em Brasília, onde vai passou o Réveillon, foi examinado por médicos mais cedo no Palácio do Jaburu. A recomendação, segundo a assessoria da presidência, é para que ele mantenha o repouso pelos próximos dias, de preferência sem deixar o Palácio do Jaburu.

Ajude a Fórum a fazer a cobertura do julgamento do Lula. Clique aqui e saiba mais.

O fato aumenta ainda mais as especulações sobre sua saúde. Tem gente próxima aos bastidores de Brasília que afirma que o caso dele pode ser mais grave do que vem sendo anunciado pela mídia. Recentemente, um médico que o acompanha, que não quis se identificar, declarou o seguinte: “O presidente não tem câncer de próstata. Todos os dados clínicos iniciais e os exames realizados, incluindo biópsia da próstata, descartaram essa possibilidade”. No entanto, as frequentes internações só aumentam as especulações.

Temer ainda está com uma sonda na uretra por causa de uma cirurgia feita no dia 13 de dezembro. Nesta semana, Temer desistiu de passar o fim do ano na base naval da Restinga de Marambaia, no litoral do Rio de Janeiro, por falta de estrutura médica no local.

*Com informações do UOL e do Brasil 247

Foto: Fotos Públicas



No artigo

x