Altamiro Borges: Luciano Huck será o candidato da Globo?

Temendo a polarização entre Lula e Bolsonaro, o império global segue lançando balões de ensaio para ver qual vinga. Neste final de semana, no Domingão do Faustão, a famiglia Marinho voltou a aventar...

1373 0

Temendo a polarização entre Lula e Bolsonaro, o império global segue lançando balões de ensaio para ver qual vinga. Neste final de semana, no Domingão do Faustão, a famiglia Marinho voltou a aventar a hipótese de entrar no jogo sem intermediários. O serviçal Luciano Huck seria o candidato oficial da Globo

Por Altamiro Borges, em seu blog

A famiglia Marinho, que elege e derruba presidentes no Brasil, parece que ainda não se decidiu sobre quem é o candidato ideal para disputar as eleições presidenciais deste ano. A exemplo do grão-tucano FHC, ela não bota muita fé em Geraldo Alckmin, o “picolé de chuchu” que não decola nas pesquisas. Em editorial no jornal O Globo, ela também já descartou o rentista Henrique Meirelles, alertando que a sua candidatura coloca em risco a contrarreforma da Previdência. Temendo a polarização entre Lula e Bolsonaro, o império global segue lançando balões de ensaio para ver qual vinga. Neste final de semana, no Domingão do Faustão, a famiglia Marinho voltou a aventar a hipótese de entrar no jogo sem intermediários. O serviçal Luciano Huck seria o candidato oficial da Globo.

Ajude a Fórum a fazer a cobertura do julgamento do Lula. Clique aqui e saiba mais.

Ao lado da esposa Angélica e posando de bom-moço, o queridinho da famiglia Marinho insinuou que talvez reveja sua decisão de não disputar a eleição. “Nesse momento eu não sou candidato, mas não sei o que vai acontecer na minha vida”, admitiu. Na maior caradura, o falso moralista ainda disse que “os brasileiros estão envergonhados da classe política” – mas nada falou sobre suas ligações carnais com o cambaleante Aécio Neves e com vários picaretas, como os “éticos” Joesley Batista, Eike Batista e Alexandre Accioly, e nem sobre suas tretas empresariais e seus processos na Justiça. O Domingão do Faustão virou um autêntico palanque eleitoral, talvez indicando uma flexão da famiglia Marinho, que antes havia vetado a aventura do seu capacho.

Fundo bilionário para as eleições

Enquanto não tem o aval definitivo dos patrões para disputar a eleição, Luciano Huck segue bem ativo com os seus “negócios” na política. Ele está envolvido diretamente em dois movimentos – “Agora!” e “RenovaBR” – que agregam vários integrantes da cloaca empresarial brasileira. Ambos visam “contribuir para a renovação política no país, principalmente no Poder Legislativo”. Matéria da Folha publicada em setembro passado revela que a segunda iniciativa é a mais sinistra e mereceria uma investigação séria dos órgãos competentes. Ela pode indicar a formação de um fundo bilionário para os candidatos da direita em outubro próximo, o que caracterizaria crime eleitoral.

“O fundo que está sendo criado por empresários para bancar a formação de novos candidatos para as eleições do ano que vem prevê bolsas mensais de R$ 5.000 para os selecionados. O valor exato será estabelecido nas próximas semanas. Oficialmente chamado de RenovaBR (Fundo Cívico para a Renovação Política), o projeto é uma iniciativa do executivo Eduardo Mufarej, que tem relatado em encontros já contar com a disposição de colaboradores como o apresentador Luciano Huck, o ex-presidente do Banco Central Arminio Fraga, o publicitário Nizan Guanaes, o empresário Abilio Diniz e o ex-técnico de vôlei Bernardinho. Os apoiadores fariam doações ao grupo, que usaria o dinheiro para oferecer cursos de formação a interessados em disputar cargos públicos. O objetivo é selecionar 150 pessoas que tenham perfil de liderança e queiram se candidatar”.

O empresário Eduardo Mufarej, sócio da empresa de investimentos Tarpon, é um conhecido picareta. Ele foi um dos fundadores do Novo, um partido velho que reúne poderosos empresários e neoliberais raivosos. De acordo com os documentos obtidos pela Folha, o RenovaBR “não acena com a possibilidade de financiar as campanhas eleitorais propriamente ditas, o que poderia gerar questionamentos” – mas também não descarta. “As contribuições para o fundo serão via pessoa física, segundo as informações de Mufarej a interlocutores. Na campanha, cada contribuinte estará livre para apoiar ou não qualquer candidato, dentro das regras. O fundo também irá monitorar os bolsistas que se elegerem durante o mandato deles no Congresso e nos Estados”.

Outra reportagem do mesmo jornal, publicada em novembro, informa que apesar da “descrença nas intenções do RenovaBR, a organização (autodefinida como ‘aceleradora de potenciais talentos políticos’) recebeu cerca de 4.000 inscrições no processo que selecionará até 150 novas lideranças de todos os Estados para se prepararem para as urnas… O RenovaBR quer priorizar postulantes ao Congresso Nacional e afasta a possibilidade de se envolver em disputas do Executivo, mas ficou conhecido pela relação com Luciano Huck. O apresentador da Globo apoia a iniciativa e é um dos potenciais doadores”.

Em tempo: No citado Domingão do Faustão, o apresentador falastrão deixou de fazer uma importante pergunta ao amigo Luciano Huck. Em agosto passado, o Ministério Público Federal do Rio de Janeiro pediu a execução da sentença que já tramitava há seis anos em que ele foi condenado por cercar com boias a sua mansão na Ilha das Palmeiras, em Angra dos Reis. Além de retirar as boias, o MPF fixou uma indenização no valor de R$ 40 mil por danos morais coletivos em decorrência da degradação ao ambiente. Será que o presidenciável da Globo já pagou a indenização?



No artigo

x