Às vésperas do julgamento de Lula, PT lança jornal para denunciar a farsa da Lava Jato

Presidenta nacional do partido, senadora Gleisi Hoffmann, disse que a legenda lançará uma publicação para mostrar a condução do processo. "Eleição sem Lula é fraude", será o título do informativo.

1406 0

Presidenta nacional do partido, senadora Gleisi Hoffmann, disse que a legenda lançará uma publicação para mostrar a condução do processo. “Eleição sem Lula é fraude”, será o título do informativo.

Da Redação*

A senadora Gleisi Hoffmann, presidenta nacional do PT, afirmou, em uma plenária na noite desta segunda-feira (8), em Curitiba, que o partido lançará um jornal para denunciar a farsa da Lava Jato, às vésperas do julgamento do ex-presidente Lula pelo TRF-4 acerca do tríplex de Guarujá (SP). As informações são do Blog do Esmael Morais.

Ajude a Fórum a fazer a cobertura do julgamento do Lula. Clique aqui e saiba mais.

Como preparativos à mobilização das caravanas para Porto Alegre, no próximo dia 24, a agremiação vai instalar barracas para distribuição de milhões de impressos na tradicional Boca Maldita (Rua XV de Novembro), no centro, e nos bairros da capital paranaense.

O objetivo do PT é denunciar o “legado” da Lava Jato – e do juiz Sergio Moro – como o desemprego de milhões de trabalhadores, pagamento de R$ 10 bilhões da Petrobras aos fundos formados por acionistas norte-americanos, perseguição política, bem como o ataque à democracia e ao ideário das eleições livres.

“Eleição sem Lula é fraude”, será o título do jornal do PT. Um dirigente petista disse que há um clima de “combatividade” da militância e a fala de Gleisi empolgou a todos na reunião de segunda. A expectativa é de grandes mobilizações para o Fórum Social Mundial e Encontro Internacional de Juristas, na capital gaúcha, entre os dias 23 e 24. Dentre os convidados estão o ativista norte-americano Noam Chomsky e o senador Roberto Requião (MDB-PR), um dos organizadores do #OcupaTRF4.

*Com informações do blog do Esmael Morais e do Brasil 247

Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

 



No artigo

x