Em carta, Aldo Rebelo se oferece para ser candidato pelo PSB, que ainda espera por Joaquim Barbosa

Ex-ministro entregou carta ao presidente do partido, Carlos Siqueira, informando que a legenda pode dispor do seu nome para ser candidato a presidente da República nas eleições deste ano.

1323 0

Ex-ministro entregou carta ao presidente do partido, Carlos Siqueira, informando que a legenda pode dispor do seu nome para ser candidato a presidente da República nas eleições deste ano.

Da Redação*

O ex-ministro Aldo Rebelo (PSB-SP) entregou carta ao presidente do partido, Carlos Siqueira, informando que a legenda pode dispor do seu nome para ser candidato a presidente da República nas eleições deste ano. Na mensagem, o ex-deputado, ex-presidente da Câmara, ex-ministro do Esporte, da Ciência e Tecnologia e da Defesa nos governos Lula e Dilma, argumenta que diante da desorientação geral na política, da falta de rumos para o país e tendo em vista o protagonismo eleitoral que o partido vem mantendo ao longo de sua história, entre os nomes que podem representar os socialistas, oferece o seu. As informações são de Rosângela Bittar e Raphael Di Cunto, do Valor.

Ajude a Fórum a fazer a cobertura do julgamento do Lula. Clique aqui e saiba mais.

O PSB vinha mantendo conversas com Joaquim Barbosa, o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal, que desde o ano passado está analisando a ideia de candidatar-se também pelo partido de Miguel Arraes e Eduardo Campos.

O presidente do PSB afirmou, após receber Aldo Rebelo na sede do partido, em Brasília, que também concorda com o lançamento de um candidato próprio, mas indica que isso não será agora. Lembra que a legenda tem até agosto para realizar esse debate.

Siqueira aguarda também resposta de Joaquim Barbosa. “Não ficou fixado um prazo. Ele ficou de pensar e nos procurar”, disse, mostrando como é vaga e imprecisa a hipótese de candidatura de Barbosa, que antes mesmo de ser confirmada divide o partido. A expectativa da cúpula do PSB é de que a decisão de Barbosa ocorra ainda em janeiro.

*Com informações do Valor e do Brasil 247

Foto: Wilson Dias/Agência Brasil/Fotos Públicas



No artigo

x