Tradicional Lavagem do Bomfim é marcada por defesa de Lula e da democracia

Cortejo realizado hoje em Salvador deu início a agenda de mobilização em apoio ao direito do ex-presidente Lula ter um julgamento justo no TRF4 em 24 de janeiro Por RBA...

1458 0

Cortejo realizado hoje em Salvador deu início a agenda de mobilização em apoio ao direito do ex-presidente Lula ter um julgamento justo no TRF4 em 24 de janeiro

Por RBA

O tradicional cortejo seguido da lavagem das escadarias do santuário do Senhor do Bonfim, realizado nesta quinta-feira (11), em Salvador, foi além da fé e saiu em defesa da democracia. Cerca de 10 mil ativistas fizeram um  ato em defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O recurso de Lula à sentença condenatória do juiz Sérgio Moro será julgado no próximo dia 24, no Tribunal Regional Federal 4ª Região (TRF4), em Porto Alegre.

Ajude a Fórum a fazer a cobertura do julgamento do Lula. Clique aqui e saiba mais.

Lideranças políticas, movimentos sindicais e sociais participaram da caminhada que saiu da Igreja da Conceição da Praia e foi para a Colina Sagrada. “Entre milhares de devotos de várias crenças unidos em torno da fé e da esperança transformadora, levamos para as ruas de Salvador hoje um pedido de bênçãos ao povo brasileiro com o Bonfim pela democracia”, escreveu a senadora e presidenta do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), que participou do cortejo, em sua página no Facebook.

O ato foi o primeiro organizado em apoio ao ex-presidente: uma série de mobilizações estão programadas pelo Brasil para defender o direito do ex-presidente a um julgamento imparcial. O próximo sábado (13) será um dos dias mais importantes da resistência, com a realização do Dia Nacional de Mobilização em defesa da Democracia e do Direito de Lula ser candidato.

Foto: Reprodução/Facebook Gleisi Hoffmann



No artigo