MPL convoca segundo ato em frente à casa de João Doria

Protesto de quinta (11) contra o aumento das tarifas do transporte público em São Paulo terminou em repressão da polícia. Nova manifestação ocorrerá na próxima quarta-feira (17).

1533 0

Protesto de quinta (11) contra o aumento das tarifas do transporte público em São Paulo terminou em repressão da polícia. Nova manifestação ocorrerá na próxima quarta-feira (17).

Da Redação*

O ato convocado pelo Movimento Passe Livre (MPL) na última quinta-feira (11), em São Paulo, contra o aumento das tarifas do transporte público, terminou com repressão da polícia. Mesmo assim, a organização já marcou a próxima manifestação: será na quarta-feira (17), em frente à casa do prefeito João Doria (PSDB).

Ajude a Fórum a fazer a cobertura do julgamento do Lula. Clique aqui e saiba mais.

As passagens no transporte público subiram de R$ 3,80 para R$ 4 no último domingo (7). De acordo com informações do UOL, o MPL diz que 10 mil pessoas estiveram no ato. A PM estima 1.500 participantes.

O protesto começou em frente ao Theatro Municipal, no Centro, e foi até o Brás, zona leste. Já no fim, um grupo de manifestantes foi impedido de entrar na estação Brás pela PM, que lançou bombas de efeito moral e tiros de bala de borracha.

*Com informações do Nocaute

Foto: Mídia Ninja



No artigo

x