Imprensa livre e independente
22 de setembro de 2015, 16h21

“A escória do mundo está chegando ao Brasil”, diz Bolsonaro sobre refugiados

Em mais uma fala polêmica, deputado federal ofendeu haitianos, senagaleses, bolivianos e sírios que buscam refúgio no país: “Como se nós não tivéssemos problema demais para resolver” Por Redação O deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) disse, na última quinta-feira (17), que os refugiados que chegam ao Brasil são “a escória do mundo”. A afirmação foi feita em entrevista ao jornalista Frederico Vitor, do Jornal Opção, de Goiás. As informações são do portal Exame. O repórter perguntou ao parlamentar o que achava da situação do Exército brasileiro. “Não sei qual é a adesão dos comandantes, mas, caso venham reduzir o efetivo...

Em mais uma fala polêmica, deputado federal ofendeu haitianos, senagaleses, bolivianos e sírios que buscam refúgio no país: “Como se nós não tivéssemos problema demais para resolver”

Por Redação

O deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) disse, na última quinta-feira (17), que os refugiados que chegam ao Brasil são “a escória do mundo”. A afirmação foi feita em entrevista ao jornalista Frederico Vitor, do Jornal Opção, de Goiás. As informações são do portal Exame.

O repórter perguntou ao parlamentar o que achava da situação do Exército brasileiro. “Não sei qual é a adesão dos comandantes, mas, caso venham reduzir o efetivo [das Forças Armadas] é menos gente nas ruas para fazer frente aos marginais do MST, dos haitianos, senegaleses, bolivianos e tudo que é escória do mundo que, agora, está chegando os sírios também. A escória do mundo está chegando ao Brasil como se nós não tivéssemos problema demais para resolver”, declarou.

Na mesma entrevista, Bolsonaro desejou a morte da presidenta Dilma Rousseff (PT). “Espero que o mandato dela acabe hoje, infartada, com câncer ou de qualquer maneira”, disparou (leia aqui).

Veja também:  Joaquim Levy pede demissão do BNDES e abre nova crise no governo Bolsonaro

Ouça abaixo o áudio na íntegra:

(Foto: Gabriela Korossy/Câmara dos Deputados)

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum