Imprensa livre e independente
11 de dezembro de 2018, 12h44

A quatro dias do prazo, nem metade dos inscritos no Mais Médicos se apresentaram

O prazo termina na próxima sexta-feira

Médicos cubanos deixaram Brasil no fim do ano passado - Foto: Divulgação
A quatro dias para o fim do prazo, cerca de 47% dos inscritos no edital de convocação do Mais Médicos ainda não se apresentaram nos municípios escolhidos. Até a manhã desta segunda-feira (10), apenas 4.508 médicos compareceram ou iniciaram as atividades nas localidades. O prazo de apresentação termina na próxima sexta-feira. Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais O edital foi aberto para médicos com registro no país (CRM) após Cuba anunciar a saída no programa, no final de novembro. O programa recebeu 36.490 inscrições, preenchendo 98,7% das 8.517 vagas...

A quatro dias para o fim do prazo, cerca de 47% dos inscritos no edital de convocação do Mais Médicos ainda não se apresentaram nos municípios escolhidos.

Até a manhã desta segunda-feira (10), apenas 4.508 médicos compareceram ou iniciaram as atividades nas localidades. O prazo de apresentação termina na próxima sexta-feira.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

O edital foi aberto para médicos com registro no país (CRM) após Cuba anunciar a saída no programa, no final de novembro. O programa recebeu 36.490 inscrições, preenchendo 98,7% das 8.517 vagas disponibilizadas.

O governo prometeu um balanço das vagas disponíveis, na próxima segunda-feira (17), e deve anunciar as desistências e os locais que não tiveram procura. Depois disso, os médicos terão nova chance para se inscrever nos dias 18 e 19 de dezembro.

Com informações do Globo

Agora que você chegou ao final desse texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais

Veja também:  IBGE: Desemprego é maior entre jovens, mulheres e negros e pardos

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum