Seja Sócio Fórum
24 de dezembro de 2018, 10h43

Advogados de Sérgio Cabral abandonam defesa e delação que envolve MP

A delação de Cabral deve incluir o Judiciário — tanto o Tribunal de Justiça do Rio quanto o STJ — ex-chefes do MP fluminense

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil
Advogados de Sérgio Cabral (MDB) não suportaram a pressão e anunciaram, na noite deste domingo (24), abandonar a defesa do ex-governador do Rio de Janeiro, após ele anunciar que resolveu fazer acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal (MPF). Tanto João Bernardo Kappen, que iria conduzir a delação, quanto Rodrigo Roca, deixaram a defesa, este último por não concordar com os novos planos do ex-governador. Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais A delação de Cabral deve incluir o Judiciário — tanto o Tribunal de Justiça do...

Advogados de Sérgio Cabral (MDB) não suportaram a pressão e anunciaram, na noite deste domingo (24), abandonar a defesa do ex-governador do Rio de Janeiro, após ele anunciar que resolveu fazer acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal (MPF).

Tanto João Bernardo Kappen, que iria conduzir a delação, quanto Rodrigo Roca, deixaram a defesa, este último por não concordar com os novos planos do ex-governador.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

A delação de Cabral deve incluir o Judiciário — tanto o Tribunal de Justiça do Rio quanto o STJ — ex-chefes do MP fluminense.

Ele deve entregar também as jogadas nebulosas da Copa do Mundo e da compra de votos para a Olimpíada de 2016, além de detalhamentos de fatos já narrados em outras colaborações.

Cabral foi condenado até agora a 197 anos de prisão. Ele sempre negou ter recebido propinas. Admitia, no máximo, ter usado sobras de campanha para seus luxos.

Agora quer fazer a delação.

Com informações do Globo

Agora que você chegou ao final desse texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum