Imprensa livre e independente
20 de março de 2018, 12h09

Aécio desiste da reeleição ao Senado e discute o que fazer

Segundo fontes do partido, Andrea Neves, irmã do senador e histórica articuladora do tucano, admite aos aliados a hipótese de Aécio ser candidato à Câmara

De acordo com matéria de Ana Luiz Faria publicada no jornal O Tempo, depois de ter sido flagrado em uma conversa pedindo R$ 2 milhões ao empresário Joesley Batista e citado por delatores da Lava Jato, o senador Aécio Neves, uma das maiores lideranças que a política mineira teve em tempos recentes, não vai disputar a reeleição em 2018. Diversos políticos se recusavam a compor chapa com o tucano. Ao mesmo tempo, tucanos anunciarem a pré-candidatura do senador Antonio Anastasia (PSDB) ao governo de Minas. Um tucano que conversou com a jornalista disse que o caminho do senador é a...

De acordo com matéria de Ana Luiz Faria publicada no jornal O Tempo, depois de ter sido flagrado em uma conversa pedindo R$ 2 milhões ao empresário Joesley Batista e citado por delatores da Lava Jato, o senador Aécio Neves, uma das maiores lideranças que a política mineira teve em tempos recentes, não vai disputar a reeleição em 2018. Diversos políticos se recusavam a compor chapa com o tucano.

Ao mesmo tempo, tucanos anunciarem a pré-candidatura do senador Antonio Anastasia (PSDB) ao governo de Minas.

Um tucano que conversou com a jornalista disse que o caminho do senador é a Câmara dos Deputados. “Ele irá se eleger como deputado federal facilmente. E, em um segundo momento, tentará assumir a presidência da Casa. Será por lá que Aécio iniciará a reconstrução de sua vida política”, contou.

Segundo fontes do partido, Andrea Neves, irmã do senador e histórica articuladora do tucano, admite aos aliados a hipótese de Aécio ser candidato à Câmara, mas quer mais tempo.

Segundo um deputado do partido, que pediu anonimato, Aécio Neves entendeu que sua presença pode complicar a formação da chapa, tanto majoritária quanto para as eleições no Legislativo. “Ele avaliou que nesse momento resolver os problemas de Minas é mais importante. E, por isso, ele não tentará a reeleição nem mesmo colocará seu nome para a disputa para deputado federal, até mesmo porque ele não quer ocupar esse cargo”, disse.

Veja também:  Cartas do Pai: “Greve geral”

Questionado sobre a intenção e necessidade de Aécio manter o foro privilegiado, o interlocutor disse não acreditar que o senador tenha essa preocupação. “Ele já está prejulgado pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Ele pode muito bem responder ao processo (em outras instâncias), assim como está fazendo o ex-governador Eduardo Azeredo (PSDB)”, explicou.

Outro lado

Silêncio. Procurado para comentar as declarações sobre seu futuro político, Aécio Neves afirmou que não comenta nenhuma informação dada por parlamentar que não se identifica.

 

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum