Imprensa livre e independente
28 de outubro de 2018, 15h12

Alemanha: Haddad vence em Berlim e em Colônia

Em Berlim, Haddad obteve 73,7% dos votos válidos e Bolsonaro ficou com 26,3%

Brasileiro Vota com Livro em Berlim. Foto: redes Sociais
Em duas das principais cidades alemães, a capital Berlim e Colônia, o candidato Fernando Haddad (PT) venceu as eleições entre os brasileiros residente no país. Em Berlim, Fernando Haddad (PT) obteve 73,7% dos votos válidos (1.557 votos), e Jair Bolsonaro (PSL), 26,3% (557 votos). Foram contabilizados 77 votos brancos, e 103 nulos. Na capital alemã, 5.647 eleitores brasileiros estão aptos a votar, mas apenas 2.194 compareceram às urnas neste domingo. A abstenção foi de 61,2%. Em Colônia, a quarta maior cidade da Alemanha, Fernando Haddad (PT) obteve 59,8% dos votos válidos (287 votos), e Jair Bolsonaro (PSL), 40,2% (193 votos). Foram contabilizados 8 votos brancos,...

Em duas das principais cidades alemães, a capital Berlim e Colônia, o candidato Fernando Haddad (PT) venceu as eleições entre os brasileiros residente no país.

Em Berlim, Fernando Haddad (PT) obteve 73,7% dos votos válidos (1.557 votos), e Jair Bolsonaro (PSL), 26,3% (557 votos).

Foram contabilizados 77 votos brancos, e 103 nulos. Na capital alemã, 5.647 eleitores brasileiros estão aptos a votar, mas apenas 2.194 compareceram às urnas neste domingo. A abstenção foi de 61,2%.

Em Colônia, a quarta maior cidade da Alemanha, Fernando Haddad (PT) obteve 59,8% dos votos válidos (287 votos), e Jair Bolsonaro (PSL), 40,2% (193 votos).

Foram contabilizados 8 votos brancos, e 21 nulos. Na maior cidade do Oeste do país, 1.236 eleitores brasileiros estão aptos a votar, mas apenas 509 compareceram neste segundo turno. A abstenção foi de 58,8%.

Colônia abriga uma das maiores comunidades brasileiras da Alemanha. Os números dos boletins das urnas ainda precisam passar por uma auditoria do TSE.

Conforme orientação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), os boletins de votação das oito urnas instaladas na embaixada brasileira em Berlim, foram afixados em lugar visível ao público logo após o término da votação do segundo turno, que ocorreu às 17h (horário local). Os números ainda precisam passar por uma auditoria do TSE.

Veja também:  Ato pela educação na avenida Paulista já reúne mais de 250 mil pessoas, diz organização

Com informações do DW Brasil

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum