Seja Sócio Fórum
04 de fevereiro de 2019, 10h57

Alexandre Garcia, que foi Porta-Voz da ditadura, ganha Prêmio Liberdade de Imprensa

O Fórum da Liberdade, onde será entregue o prêmio, é um evento que se autodenomina “liberal” e é realizado pelo Instituto de Estudos Empresariais (IEE)

O general Figueiredo e Alexandre Garcia. Foto: Arquivo
O jornalista Alexandre Garcia, que se desligou da Rede Globo em dezembro, após 31 anos na emissora, anunciou, através de sua conta no Twitter, neste sábado (2), que ganhou o Prêmio Liberdade de Imprensa. E acabo de ser avisado de que fui agraciado com o Prêmio Liberdade de Imprensa. Já receberam este prêmio o venezuelano Miguel Otero e a cubana Yoani Sánchez. Será entregue em Porto Alegre no Fórum da Liberdade, que a Forbes considera o maior fórum de ideias da America Latina. — Alexandre Garcia (@alexandregarcia) 2 de fevereiro de 2019 “E acabo de ser avisado de que fui...

O jornalista Alexandre Garcia, que se desligou da Rede Globo em dezembro, após 31 anos na emissora, anunciou, através de sua conta no Twitter, neste sábado (2), que ganhou o Prêmio Liberdade de Imprensa.

“E acabo de ser avisado de que fui agraciado com o Prêmio Liberdade de Imprensa. Já receberam este prêmio o venezuelano Miguel Otero e a cubana Yoani Sánchez. Será entregue em Porto Alegre no Fórum da Liberdade, que a Forbes considera o maior fórum de ideias da America Latina.” (Sic)

O Fórum da Liberdade é um evento que se autodenomina “liberal” e é realizado pelo Instituto de Estudos Liberais (IBL).

A ligação de Alexandre Garcia com a política é antiga. No governo do último presidente do regime militar, João Baptista Figueiredo, Garcia atuou como porta-voz e secretário de imprensa, mas acabou sendo exonerado devido à repercussão da entrevista “O Porta-Voz da Abertura” para a revista “Ele & Ela” em que se apresentava deitado em uma cama de cueca.

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum