Imprensa livre e independente
14 de julho de 2018, 15h03

Anistia Internacional grava vídeo comovente com parentes de Marielle Franco. Veja aqui

O vídeo foi lançado neste sábado, dia em que completam exatos quatro meses do assassinato de Marielle e Anderson

Os pais de Marielle. Foto: Reprodução/Vídeo
Por ocasião dos quatro meses do assassinato de Marielle Franco e do seu motorista, Anderson Silva, a Anistia Internacional divulgou vídeo comovente, neste sábado (14), com depoimentos de Marinete da Silva, mãe de Marielle, sua irmã Anielle Silva e seu pai, Antônio Francisco da Silva. No vídeo, os parentes de Marielle contam sobre a sua transformação, até se transformar em defensora dos Direitos Humanos. Anielle lembra o dia do assassinato e conta que não teve coragem de se aproximar do corpo da irmã. “Era muito sangue, aí o anel dela no chão com os óculos e a bolsa que eu...

Por ocasião dos quatro meses do assassinato de Marielle Franco e do seu motorista, Anderson Silva, a Anistia Internacional divulgou vídeo comovente, neste sábado (14), com depoimentos de Marinete da Silva, mãe de Marielle, sua irmã Anielle Silva e seu pai, Antônio Francisco da Silva.

No vídeo, os parentes de Marielle contam sobre a sua transformação, até se transformar em defensora dos Direitos Humanos. Anielle lembra o dia do assassinato e conta que não teve coragem de se aproximar do corpo da irmã.

“Era muito sangue, aí o anel dela no chão com os óculos e a bolsa que eu tinha dado. Aó eu falei: ‘acho que é verdade’, mas eu não consegui passar daquele ponto.

O crime brutal continua sem respostas. “Essa dor não vai passar. Então, que cada vez mais pessoas levem o nome da Marielle cada vez mais alto”, alerta a mãe de Marielle.

 

Veja também:  Polícia do Rio prende filho de deputada e pastor morto com 30 tiros em Niterói

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum