Seja Sócio Fórum
23 de março de 2019, 18h41

Ao se despedir do Chile, Bolsonaro comete nova gafe e agradece “ao povo venezuelano”

Antes disso, ele mencionou sua “preocupação com a situação da Amazônia” e pregou uma “exploração racial”, ao invés de “exploração racional” do meio ambiente

Foto: Marcos Corrêa/PR/Agência Brasil
Jair Bolsonaro continua colecionando gafes em seus pronunciamentos, tanto no Brasil quanto no exterior. Durante discurso de agradecimento ao governo pela recepção que teve no Chile, ele causou constrangimento nos 120 participantes do almoço realizado no Palácio de la Moneda, sede do governo. Bolsonaro “esqueceu” que vários parlamentares locais se recusaram a participar de eventos em sua presença e, além disso, houve uma grande manifestação em Santiago contra sua visita ao Chile. Mesmo assim, com a falta de preparo característica, ao tentar agradecer o “tratamento recebido do povo chileno”, Bolsonaro se referiu aos “venezuelanos”. Depois da gafe, sorrisos tentaram disfarçar o constrangimento. E...

Jair Bolsonaro continua colecionando gafes em seus pronunciamentos, tanto no Brasil quanto no exterior. Durante discurso de agradecimento ao governo pela recepção que teve no Chile, ele causou constrangimento nos 120 participantes do almoço realizado no Palácio de la Moneda, sede do governo.

Bolsonaro “esqueceu” que vários parlamentares locais se recusaram a participar de eventos em sua presença e, além disso, houve uma grande manifestação em Santiago contra sua visita ao Chile.

Mesmo assim, com a falta de preparo característica, ao tentar agradecer o “tratamento recebido do povo chileno”, Bolsonaro se referiu aos “venezuelanos”. Depois da gafe, sorrisos tentaram disfarçar o constrangimento.

E não foi o único desconforto do dia. Mais cedo, durante a declaração presidencial conjunta com Sebastian Piñera, Bolsonaro mencionou sua “preocupação com a situação da Amazônia” e pregou uma “exploração racial”, ao invés de “exploração racional” do meio ambiente.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum