06 de dezembro de 2018, 19h38

Após ação de deputados do PT, juiz suspende venda da Embraer para Boeing

Os deputados do PT autores da ação são Paulo Pimenta (RS), Carlos Zarattini (SP), Nelson Pellegrino (BA) e Vicente Cândido (SP)

Foto: Divulgação

O juiz Victorio Giuzio Neto, da Justiça Federal de São Paulo, concedeu liminar em ação que impede que o conselho de administração da Embraer tome qualquer decisão que permita a separação da área comercial da empresa para formar uma joint venture com a Boeing.

A decisão foi motivada por uma ação movida por quatro deputados federais do PT que defendem a suspensão imediata das tratativas entre a Embraer e a Boeing para a criação da nova companhia, de acordo com informações da Folha de S.Paulo.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

Os deputados do PT autores da ação são Paulo Pimenta (RS), Carlos Zarattini (SP), Nelson Pellegrino (BA) e Vicente Cândido (SP).

“Defiro parcialmente a liminar, em sentido provisório e cautelar para suspender qualquer efeito concreto de eventual decisão do conselho da Embraer assentindo com a segregação e transferência da parte comercial da Embraer para a Boeing através de ‘Joint Venture’ a ser criada”, decidiu Giuzio Neto.

No mês de julho, Boeing e Embraer divulgaram a assinatura de memorando de entendimento para um acordo. A empresa norte-americana assumiria controle sobre 80% de uma joint venture a ser criada por intermédio da divisão de jatos comerciais da Embraer.

Agora que você chegou ao final deste texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais