07 de julho de 2018, 13h01

Após ofensas racistas, Fernandinho recebe apoio nas redes sociais

Em alguns posts, Fernandinho foi chamado de “macaco”, sendo apontado como o maior culpado pela eliminação do Brasil no Mundial

Fotos: Reprodução Instagram Fernandinho

Apesar de ter sido alvo de comentários racistas e receber uma série de críticas nas redes sociais, o volante Fernandinho, que marcou um gol contra na derrota da seleção diante da Bélgica por 2 a 1, passou, agora, a contar com uma rede de apoio e solidariedade na web, com o objetivo de repudiar as mensagens preconceituosas. A mãe do atleta, Ane Cristiane Machado, chegou a fechar seu perfil.

Em alguns posts, Fernandinho foi chamado de “macaco”, sendo apontado como o maior culpado pela eliminação do Brasil no Mundial. No Instagram, Fernandinho também teve sua caixa de comentários invadida por torcedores com ofensas. A maioria das mensagens racistas foram apagadas das redes.

Além do gol contra, Fernandinho falhou na marcação na jogada que originou o gol de De Bruyne, o segundo dos belgas. Anda nesta sexta-feira (6), muitos internautas condenaram as ofensas racistas contra Fernandinho, exigindo respeito ao atleta do Manchester City.

A mãe de Fernandinho chegou a fechar seu perfil

Com informações do Globo e do UOL