ASSISTA
06 de setembro de 2016, 10h35

‘Aquarius’ provoca ao usar frase de Reinaldo Azevedo em cartaz de promoção do filme

Jornalista da Veja foi ironizado por propor boicote ao longa-metragem depois que o elenco se manifestou contrário ao impeachment de Dilma Rousseff Por Redação A equipe de ‘Aquarius’ não se intimidou com as reações negativas depois que o elenco do filme realizou uma manifestação contra o impeachment de Dilma Rousseff em Cannes, na França, em maio deste […]

Jornalista da Veja foi ironizado por propor boicote ao longa-metragem depois que o elenco se manifestou contrário ao impeachment de Dilma Rousseff

Por Redação

A equipe de ‘Aquarius’ não se intimidou com as reações negativas depois que o elenco do filme realizou uma manifestação contra o impeachment de Dilma Rousseff em Cannes, na França, em maio deste ano. O jornalista conservador Reinaldo Azevedo, da revista Veja, foi um dos que propuseram o boicote ao longa-metragem no Brasil, como represália ao protesto.

Porém, a opinião de Azevedo acabou sendo ironizada no cartaz de promoção do filme. Abaixo dos elogios de críticos de outros veículos de comunicação, aparece uma frase dele: “O dever das pessoas de bem é boicotar Aquarius”. O jornalista, por sua vez, não gostou da brincadeira e chamou o diretor, Kleber Mendonça Filho, de “fanfarrão” e “petralha”.
aquarius 2