Imprensa livre e independente
06 de abril de 2019, 06h00

Artesã de BH lança coleção de “bonecas engajadas na luta”

As bonecas usam calças jeans e camisetas com mensagens de luta, como Marielle vive, lute como uma garota e Lula livre

(Foto: Divulgação)
Motivada pelo atual momento político que vivemos “depois do golpe contra Dilma, da morte de Marielle Franco, da prisão de Lula e das eleições forjadas de Bolsonaro”, a artesã de Belo Horizonte, Kátia Chaves, lançou uma coleção de bonecas engajadas na luta. Artesã há mais de 10 anos, ela começou a fazer bonecas de pano no estilo Tilda, que são de origem norueguesa e tem como característica principal serem longilíneas e terem, no rosto, apenas dois pontinhos no lugar dos olhos. “Iniciei fazendo a boneca Frida Kahlo, de quem sou grande admiradora”, diz Kátia. As bonecas usam calças jeans e...

Motivada pelo atual momento político que vivemos “depois do golpe contra Dilma, da morte de Marielle Franco, da prisão de Lula e das eleições forjadas de Bolsonaro”, a artesã de Belo Horizonte, Kátia Chaves, lançou uma coleção de bonecas engajadas na luta.

Artesã há mais de 10 anos, ela começou a fazer bonecas de pano no estilo Tilda, que são de origem norueguesa e tem como característica principal serem longilíneas e terem, no rosto, apenas dois pontinhos no lugar dos olhos. “Iniciei fazendo a boneca Frida Kahlo, de quem sou grande admiradora”, diz Kátia.

As bonecas usam calças jeans e camisetas com mensagens de resistência, tais como, Marielle vive, lute como uma garota e Lula livre. “Fiquei muito angustiada e não estava mais conseguindo apenas assistir passivamente às coisas acontecerem. Queria militar de alguma forma, me expressar politicamente, mas como não exerço atividade profissional que me permita dialogar com o público, tive a ideia de fazer as bonequinhas de esquerda, usando calças jeans e pequenas camisetas com estampas engajadas na nossa luta, na esperança que essas importantes mensagens tenham um alcance maior do que a minha voz”, afirma.

Veja também:  Crianças aptas à adoção desfilam para pretendentes a pais em passarela de shopping em Cuiabá

“Uma boneca de pano, além de nos encantar, também pode contar uma história, afinal temos que lutar, mas sem perder a ternura”,  conclui a artesã Kátia Chaves. As bonecas estão à venda neste link.

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum