Imprensa livre e independente
05 de setembro de 2018, 19h32

Artistas lamentam a morte de Beatriz Segall, a “eterna” Odete Roitman

Atriz morreu nesta quarta-feira (5), aos 92 anos, no Hospital Albert Einstein; com longa trajetória na dramaturgia, ficou famosa com a personagem Odete Roitman, até hoje considerada uma das maiores vilãs das telenovelas brasileiras

Foto: Divulgação/TV Globo A atriz Beatriz Segall morreu nesta quarta-feira (5), aos 92 anos, em São Paulo. Ela estava internada no Hospital Albert Einstein. A vida de Beatriz foi marcada por uma longa trajetória na dramaturgia, mas ficou famosa com a personagem Odete Roitman, da novela “Vale Tudo”, que foi transmitida pela Rede Globo, em 1988. Até hoje é considerada por muitos a maior vilã das telenovelas brasileiras Várias personalidades do meio artístico usaram as redes sociais para lamentar. Veja algumas: Daniela Mercury, cantora: “Beatriz Segall era uma diva muito amada e respeitada por todos que conheceram sua arte. Sinto...

Foto: Divulgação/TV Globo

A atriz Beatriz Segall morreu nesta quarta-feira (5), aos 92 anos, em São Paulo. Ela estava internada no Hospital Albert Einstein. A vida de Beatriz foi marcada por uma longa trajetória na dramaturgia, mas ficou famosa com a personagem Odete Roitman, da novela “Vale Tudo”, que foi transmitida pela Rede Globo, em 1988. Até hoje é considerada por muitos a maior vilã das telenovelas brasileiras

Várias personalidades do meio artístico usaram as redes sociais para lamentar. Veja algumas:

Daniela Mercury, cantora: “Beatriz Segall era uma diva muito amada e respeitada por todos que conheceram sua arte. Sinto muito por sua partida”.

Regiane Alves, atriz: “Muito triste o falecimento da maravilhosa Beatriz Segall, a reprise de vale tudo no VIVA não será mais a mesma. O céu está em festa”.

Fernanda Paes Leme, atriz e apresentadora: “Perdemos um ícone. Descanse em paz, Beatriz Segall”.

Aguinaldo Silva, um dos autores de “Vale Tudo”: “Não posso negar que Odete Roitman foi uma criação geral primorosa do Gilberto e que a Beatriz Segall tornou mais genial e primorosa ainda”.

Veja também:  Carlos Lupi, presidente do PDT, visita Lula na próxima quinta-feira (23)

Wolf Maia, ator e diretor: “Estou muito triste com a partida de Beatriz, que era uma amiga, uma atriz, uma pessoa muito importante na minha vida. Minha primeira direção geral em novelas foi com ela, em ‘Barriga de Aluguel’. E trouxe para fazer ‘Cinquentinha’ agora, quando ela já estava longe da televisão. Estamos com Beatriz no coração, na memória, sentindo essa perda. Ela deixa os palcos, as luzes, mas fica na memória e em nossos corações. Ela foi uma parceira em todos os momentos de minha vida e dedico a ela boa parte do meu aprendizado. Além de grande atriz, estrela, era uma mulher importante culturalmente falando, uma colega fenomenal”.

Gloria Pires, atriz: “Foi uma diva, atriz potente, trabalhadora esgotável. Nunca entendi o porquê de seu sumiço da TV”.

Nathalia Timberg, atriz: “Temos monumentos nesse pais. E a Beatriz é um deles. Basta essa marca indelével que ficou com Odete. Mas tem outras marcas. Estou colecionando perdas, não estou conseguindo me refazer. O Brasil teve uma perda terrível com esse Museu [Nacional] que se foi. Agora vai se embora a Beatriz. Tive a honra de cruzar com ela nos palcos também, em ‘Três Mulheres Altas’. A Odete habita o imaginário brasileiro há muito tempo, mas apesar de termos feito juntas a mesma novela, esse trabalho em ‘Três Mulheres Altas’ eu jamais vou esquecer. Beatriz é uma mulher muito presente na vida brasileira. Se manifestava com muita força com essa lucidez que ela tinha na análise das coisas, essa cultura que ela trazia. Essa forma de ser, que muitas vezes era confundida com a força da personagem, com arrogância. Ela passava esse amor por tudo o que ela fazia. Eu acho que é uma presença indelével na vida de qualquer pessoa que teve contato com ela e com o trabalho dela”.

Veja também:  Receita quer comprovação de saída e retorno de suposto empréstimo de Bolsonaro a Queiroz

Aracy Balabanian, atriz: “Meu início como atriz se deve a Beatriz. Me ensinou tudo. Só gratidão e respeito”.

Patrícia Pillar, atriz: “Perdemos Beatriz Segall! Pena não ter tido o prazer de conviver com ela em algum trabalho… Que luxo de atriz!!! Descanse em paz”.

De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, o velório está sendo realizado na própria instituição e a cerimônia de cremação ocorrerá nesta quinta-feira (6), em Cotia, na Grande São Paulo.

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum