COMPRE JÁ
13 de Março de 2018, 16h44

As promessas do gestor: 11 vezes em que Doria prometeu não abandonar o mandato

O tucano João Doria oficializou sua pré-candidatura ao governo do Estado para as prévias do PSDB e está prestes a deixar a prefeitura, algo que negou que iria fazer em inúmeras ocasiões. Relembre cada declaração, com links

Foto: Reprodução/Facebook

Não foram duas ou três vezes. Em inúmeras ocasiões, quase que mensalmente desde que assumiu a prefeitura de São Paulo, o prefeito João Doria (PSDB) prometeu não abandonar o mandato para se candidatar a presidente ou governador.

Nesta segunda-feira (12), no entanto, o tucano começou a descumprir as promessas ao oficializar sua pré-candidatura para participar das prévias de seu partido que escolherá o nome do candidato a governador do estado. Com a maioria do PSDB paulista o apoiando, Doria deve ser oficializado como candidato ainda neste mês e deverá deixar o cargo de prefeito em abril.

Fórum selecionou 11 vezes diferentes ao longo do período de um pouco mais de um ano como prefeito em que João Doria prometeu cumprir os quatro anos de mandato. Confira abaixo, com os links das matérias originais.

 

  • 16 de setembro de 2016 – Em entrevista ao Catraca Livre – Assinou documento se comprometendo com o mandato
  • 21 de setembro de 2016 – Em entrevista ao portal G1 – “Serei prefeito por quatro anos”
  • 3 de outubro de 2016 – Em entrevista ao Estadão – Diz que não abandonará o mandato para se candidatar
  • 4 de outubro de 2016 – em entrevista à Folha – “Não sou político. Sou gestor”
  • 7 de outubro de 2016 – Em entrevista à RedeTV – “Vou ser prefeito durante quatro anos e sem reeleição
  • 17 de março de 2017 – Em entrevista a Kennedy Alencar, no SBT – Diz que foi eleito para ser prefeito
  • 6 de abril de 2017 –  Em entrevista à Rádio Gaúcha – “Fui eleito para cumprir quatro anos em São Paulo”
  • 9 de setembro de 2017 – Em entrevista a Raul Gil, no SBT – “Não é hora disso”
  • 28 de dezembro de 2017 – Em entrevista à Folha – “Fui eleito prefeito para cumprir o meu mandato por quatro anos”
  • 1 de janeiro de 2018 – Em entrevista à rádio Jovem Pan – “Não tenho perspectiva de candidatura”
  • 23 de janeiro de 2018 – Em entrevista à Folha – “Fico na prefeitura”