Imprensa livre e independente
27 de março de 2018, 11h45

Assentados no Paraná aguardam volta de Lula para conquistar a reforma agrária

Novo vídeo gravado pelo colaborador da Fórum, Murilo Matias, conta um pouco da história de 600 famílias do acampamento Dom Tomás Balduínio; comitiva que está na caravana do ex-presidente foi visitar o local

Cerca de 600 famílias lutam pelo assentamento no acampamento Dom Tomás Balduino, no Paraná. Desde 2015, quando começou a ocupação, uma história de enfrentamento com a justiça e com os latifundiários tem marcado os lutadores sociais, inclusive com casos de assassinatos de líderes do movimento. Apesar da pressão, o MST estabelece sua presença em uma das regiões de maior concentração de terra do Brasil e busca importantes avanços no campo da reforma agrária. Parte da comitiva que está acompanhando a caravana de Lula pelo Sul do país visitou o local. O colaborador da Fórum, Murilo Matias, que está acompanhando a...

Cerca de 600 famílias lutam pelo assentamento no acampamento Dom Tomás Balduino, no Paraná. Desde 2015, quando começou a ocupação, uma história de enfrentamento com a justiça e com os latifundiários tem marcado os lutadores sociais, inclusive com casos de assassinatos de líderes do movimento. Apesar da pressão, o MST estabelece sua presença em uma das regiões de maior concentração de terra do Brasil e busca importantes avanços no campo da reforma agrária. Parte da comitiva que está acompanhando a caravana de Lula pelo Sul do país visitou o local.

O colaborador da Fórum, Murilo Matias, que está acompanhando a caravana de Lula pelo Sul do país, entrevistou um dos assentados, chamado Marquinhos. “De uns tempos para cá nossa situação tem melhorado aqui no acampamento. Já conseguimos colher arroz e feijão para consumo das famílias. Isso sem a ajuda da prefeitura”. Questionado se aguarda a volta do ex-presidente Lula para, enfim, conquistar a reforma agrária, Marquinhos disse que “a reforma agrária é urgente no país”.

Veja também:  Engenheiro que estava na Casa Civil, Alexandre Lopes assume o Inep após exoneração de delegado

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum