#FÓRUMCAST
22 de junho de 2018, 14h39

Assessor da CBF quebra copo na cabeça de torcedor que xingou presidente da entidade

Segundo testemunhas, assessor da entidade reagiu a xingamentos disparados contra o presidente da entidade

(Foto: Reprodução)

Um tumulto envolvendo o presidente da CBF, Antônio Carlos Nunes, mais conhecido como Coronel Nunes, terminou com um torcedor atingido por um copo na cabeça num restaurante em São Petersbusgo, na Rússia. A confusão aconteceu na quinta-feira (21) e foi revelada na coluna do jornalista Ancelmo Goes, no jornal ‘O Globo’.

De acordo com representantes da entidade, o torcedor partiu para cima do presidente da CBF com gritos de “safado e “vagabundo”. Não satisfeito, sempre segundo o relato dos integrantes da comitiva, ele chegou a atingir o Coronel Nunes com um tapa nas costas.

O assessor, identificado como Gilberto Barbosa, tomou as dores do chefe, foi tirar satisfações e acabou levando um soco. Ao reagir, pegou copos que estavam sob a mesa e atirou na direção do torcedor.

Um dos copos atingiu a cabeça do torcedor, que precisou ter a cabeça enfaixada. Gilberto foi desligado da delegação brasileira e retornará ao Brasil.

Polêmica

Nunes provocou uma saia justa para o Brasil ao não apoiar a tríplice candidatura de Estados Unidos, Brasil e México para a Copa de 2026. Os países que integram a Conmebol haviam entrado em acordo para a votação em bloco na América do Norte, mas o presidente da CBF votou no Marrocos. Vitorioso, o presidente da Federação Mexicana de Futebol, Decio de Maria, respondeu com ironia ao voto contrário prometendo mostrar ao Brasil uma grande Copa do Mundo.