Imprensa livre e independente
29 de novembro de 2018, 22h48

Assessora de Magno Malta e pastora evangélica pode assumir o Ministério dos Direitos Humanos

Conservadora, Damares Alves rechaça os movimentos sociais, especialmente LGBTs, e as pautas progressistas, como a legalização do aborto e a descriminalização da maconha

Foto: Reprodução/YouTube O senador não reeleito Magno Malta (PR-ES), que se disse “magoado e machucado” por não ter sido chamado para integrar o primeiro escalão do governo de Jair Bolsonaro, pode ver sua assessora assumir o Ministério dos Direitos Humanos. A pastora evangélica Damares Alves é conservadora, rechaça os movimentos sociais, especialmente LGBTs, e as pautas progressistas, como a legalização do aborto e a descriminalização da maconha. Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais Damares chegou a declarar eu “a mulher nasceu para ser mãe” e...

Foto: Reprodução/YouTube

O senador não reeleito Magno Malta (PR-ES), que se disse “magoado e machucado” por não ter sido chamado para integrar o primeiro escalão do governo de Jair Bolsonaro, pode ver sua assessora assumir o Ministério dos Direitos Humanos. A pastora evangélica Damares Alves é conservadora, rechaça os movimentos sociais, especialmente LGBTs, e as pautas progressistas, como a legalização do aborto e a descriminalização da maconha.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

Damares chegou a declarar eu “a mulher nasceu para ser mãe” e que “ser mãe é o papel mais especial da mulher”. A pastora discordar do movimento feminista e se preocupa com o fato de a mulher estar muito fora de casa, trabalhando.

Outros três nomes teriam sido indicados para o ministério pela bancada evangélica para a pasta: Gilberto Nascimento (PSC-SP), Marco Feliciano (Podemos-SP) e Ronaldo Nogueira (PTB-RS). A pasta deverá ser mantida por Jair Bolsonaro, depois de ter sido anunciado que ela seria extinta.

Veja também:  Fórum Onze e Meia | Base de Bolsonaro racha e Cristina faz jogada de mestre na Argentina

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum