Imprensa livre e independente
27 de maio de 2019, 07h11

Ataque a tiros em bar de São Gonçalo, no Rio, deixa quatro mortos e sete feridos

Um grupo de cerca de 40 pessoas se reunia em uma confraternização após uma partida de futebol quando homens armados chegaram de carro e dispararam contra quem estava dentro do bar

Ao menos 4 pessoas morreram e outras 7 ficaram feridas em um ataque a tiros em um bar de São Gonçalo, na região metropolitana do Rio de Janeiro, na noite deste domingo (26). O crime aconteceu por volta das 18h20 em um estabelecimento na rua João Damasceno, no bairro de Porto Velho. Um grupo de cerca de 40 pessoas se reunia em uma confraternização após uma partida de futebol quando homens armados chegaram de carro e dispararam contra quem estava dentro do bar. O professor de espanhol José Luis Caetano e a comerciante Janete Santos, que morava em frente ao...

Ao menos 4 pessoas morreram e outras 7 ficaram feridas em um ataque a tiros em um bar de São Gonçalo, na região metropolitana do Rio de Janeiro, na noite deste domingo (26).

O crime aconteceu por volta das 18h20 em um estabelecimento na rua João Damasceno, no bairro de Porto Velho.

Um grupo de cerca de 40 pessoas se reunia em uma confraternização após uma partida de futebol quando homens armados chegaram de carro e dispararam contra quem estava dentro do bar.

O professor de espanhol José Luis Caetano e a comerciante Janete Santos, que morava em frente ao bar, morreram na hora. Fábio Rosa de Souza, de 41 anos, e um homem de prenome Valdir, de 60 anos, chegaram a ser socorridos com vida e encaminhados para o Hospital Estadual Alberto Torres, em Colubandê, na zona sul de São Gonçalo, mas não resistiram.

Outros 7 feridos foram atendidos no mesmo hospital e no Pronto Socorro de São Gonçalo.

Cancelamento das aulas
Por causa da morte do professor José Caetano, o Instituto Cultural Brasil – Estados Unidos (ICBEU) cancelou as aulas desta segunda-feira:

Veja também:  Cristina Kirchner divulga vídeo que explica lawfare na Argentina e mostra coincidências com ações contra Lula

“Todos seus amigos se juntam neste momento difícil para se confortar e nossos pensamentos estão com sua família.”, diz trecho do comunicado divulgado nas redes sociais do curso.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum