13 de março de 2019, 14h46

Atiradores de ataque em escola de Suzano mostravam ser amantes das armas nas redes sociais

Guilherme Taucci aparece armado e vestindo uma máscara de caveira que foi utilizada no crime. Luiz Henrique de Castro tinha uma imagem de atiradores de elite no perfil do Facebook

Imagens de Guilherme Taucci e Luiz Henrique, atiradores da escola de Suzano, no Facebook (Reprodução)
Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, e Luiz Henrique de Castro, de 25 anos, os dois jovens identificados pela Polícia como os atiradores que entraram na Escola Estadual Raul Brasil e abriram fogo contra alunos e funcionários, matando 8 pessoas antes de se suicidarem, mostravam nas redes sociais que eram amantes das armas. Leia também: “Começou a matar muita gente”, diz aluno de escola atacada; mortos chegam a dez Guilherme Taucci Monteiro, publicou várias fotos em suas redes sociais antes do crime. Nas imagens, ele aparece armado e vestindo uma máscara de caveira que foi utilizada no crime. Já Luiz Henrique...

Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, e Luiz Henrique de Castro, de 25 anos, os dois jovens identificados pela Polícia como os atiradores que entraram na Escola Estadual Raul Brasil e abriram fogo contra alunos e funcionários, matando 8 pessoas antes de se suicidarem, mostravam nas redes sociais que eram amantes das armas.

Leia também: “Começou a matar muita gente”, diz aluno de escola atacada; mortos chegam a dez

Guilherme Taucci Monteiro, publicou várias fotos em suas redes sociais antes do crime. Nas imagens, ele aparece armado e vestindo uma máscara de caveira que foi utilizada no crime.

Já Luiz Henrique ornamentava uma imagem de atiradores de elite em sua foto de perfil no Facebook. O atirador também compartilhava diversas fotos de armamentos.

As imagens foram tiradas do ar minutos após a divulgação da identidade dos dois pela polícia, antes do bug que deixa o Facebook fora do ar no momento do fechamento desta matéria.

Luiz Henrique de Castro

Guilherme Tauci