Imprensa livre e independente
22 de maio de 2019, 07h41

Ator da Globo diz que foi morar em Portugal após sofrer ameaça de morte por ser gay

Leonardo Vieira ainda cita como motivo para deixar o Brasil a eleição de Jair Bolsonaro. "Aqui não há um presidente que faz cortes na educação e estimula o uso de armas por crianças. Aqui em Portugal a extrema direita não está no poder"

Leonardo Vieira, que está morando em Portugal com o marido, Leandro Fonseca (Reprodução)
Em entrevista a Michael Sá, na edição desta quarta-feira (22) do jornal Extra, o ator Leornardo Vieira, que atuou em novelas como “Renascer”, “Sonho meu” e “Senhora do Destino”, da TV Globo, afirmou que resolveu se mudar para Portugal após sofrer ameaças de morte por ser gay. “Em Portugal, a homofobia é bem menor que no Brasil, eu não sofro ameaças de morte por ser eu, como já aconteceu no meu país. Aqui, a morte de alguém por violência é notícia por semanas, pois não é como no Brasi, que se morre por bala perdida todos dias”, disse o ator,...

Em entrevista a Michael Sá, na edição desta quarta-feira (22) do jornal Extra, o ator Leornardo Vieira, que atuou em novelas como “Renascer”, “Sonho meu” e “Senhora do Destino”, da TV Globo, afirmou que resolveu se mudar para Portugal após sofrer ameaças de morte por ser gay.

“Em Portugal, a homofobia é bem menor que no Brasil, eu não sofro ameaças de morte por ser eu, como já aconteceu no meu país. Aqui, a morte de alguém por violência é notícia por semanas, pois não é como no Brasi, que se morre por bala perdida todos dias”, disse o ator, de 50 anos, que se mudou com o marido, Leandro Fonseca, em novembro.

Leonardo Vieira ainda cita como motivo para deixar o Brasil a eleição de Jair Bolsonaro (PSL). “Aqui não há um presidente que faz cortes na educação e estimula o uso de armas por crianças. Aqui em Portugal a extrema direita não está no poder. Esses são alguns dos motivos e já são o suficiente para eu ter escolhido morar em Portugal. Ah, claro, sou cidadão português”, afirmou.

Veja também:  “De onde veio essa gentalha”, pergunta exaltado Marco Antônio Villa sobre os Bolsonaros. Veja o vídeo

Leia a entrevista na íntegra

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum