Imprensa livre e independente
08 de maio de 2015, 15h54

Autor de livro sobre Mujica nega que Lula tenha se referido ao mensalão

Andrés Danza desmentiu a suposta confissão do petista ao ex-presidente uruguaio; fato tem sido largamente explorado pela imprensa tradicional.

Andrés Danza desmentiu a suposta confissão do petista ao ex-presidente uruguaio; fato tem sido largamente explorado pela imprensa tradicional Por Redação O jornalista Andrés Danza, um dos autores do livro Una oveja negra al poder (“Uma ovelha negra no poder”, na tradução para o português), negou que o ex-presidente Lula tenha, em uma passagem da obra, confessado participação no “mensalão” ao ex-presidente uruguaio, José Mujica. O fato tem sido largamente explorado pela mídia tradicional brasileira nesta sexta-feira (8). “Neste mundo, eu tive que lidar com muitas coisas imorais, chantagens”, teria dito Lula a Mujica em 2010, segundo o livro, escrito a...

Andrés Danza desmentiu a suposta confissão do petista ao ex-presidente uruguaio; fato tem sido largamente explorado pela imprensa tradicional

Por Redação

O jornalista Andrés Danza, um dos autores do livro Una oveja negra al poder (“Uma ovelha negra no poder”, na tradução para o português), negou que o ex-presidente Lula tenha, em uma passagem da obra, confessado participação no “mensalão” ao ex-presidente uruguaio, José Mujica. O fato tem sido largamente explorado pela mídia tradicional brasileira nesta sexta-feira (8).

“Neste mundo, eu tive que lidar com muitas coisas imorais, chantagens”, teria dito Lula a Mujica em 2010, segundo o livro, escrito a partir de depoimentos do uruguaio. “Essa era a única forma de governar o Brasil”, adicionou o petista. Alguns veículos têm noticiado que, na segunda parte de sua fala, Lula teria admitido que sabia do esquema de repasse de mesadas a parlamentares.

“Não, Lula estava falando sobre as ‘coisas imorais’ e não sobre o mensalão. O que Lula transmitiu ao Mujica foi que é difícil governar o Brasil sem conviver com chantagens e ‘coisas imorais'”, rebateu Danza por e-mail ao portal G1. O Instituto Lula informou que não se manifestará sobre o caso.

Veja também:  Conselho Federal da OAB vai recomendar a Moro que se afaste de suas funções

(Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula)

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum