#Glauber Piva

23 de março de 2019, 09h10

O sequestro da imaginação é a negação da política: esquerdas afônicas

“Nossos demônios vão além do próprio Bolsonaro e seus filhinhos. Nossos problemas começaram antes e também tem a ver com o que somos e com nossa afonia”, escreve o colunista Glauber Piva


jornadas de junho
22 de março de 2019, 12h04

O sequestro da imaginação é a negação da política: esquerdas afônicas

Dizendo de maneira solidária e responsável, entendo que é preciso reconhecer que a capacidade das esquerdas brasileiras de imaginar o futuro foi sequestrada pela realidade. E isso nos deixa afônicos


18 de março de 2019, 13h10

Entre “matáveis” e indignados, falemos de violência

"Hoje, no Brasil, há um ranking de gente que pode ser matável e uma lista de gente indignada nas mídias sociais", diz o colunista da Fórum Glauber Piva. "Culpar a família, o Estado, as tecnologias digitais ou a escola é apenas um jeito ao mesmo tempo cínico e educado que encontramos para transferir nossas responsabilidades."


13 de março de 2019, 12h46

A rua e o silêncio

"Para resistir, o silêncio não será suficiente. Para que ninguém solte a mão de ninguém será preciso convidar à dança das palavras e das utopias. É preciso escrever teorias e poesias, compor músicas e gritos de luta e fazer filmes para todos os olhares", escreve o colunista da Fórum Glauber Piva


08 de março de 2019, 18h58

Nunca serei feminista. Mas não tenho o direito de ser machista

Em sua coluna na Fórum, Glauber Piva diz: “É a luta das feministas que as trouxe até aqui. Não fomos os homens que permitimos. São as mulheres que conquistaram. É preciso continuar e ampliar essa luta”


07 de março de 2019, 06h00

O dia seguinte do bizarro carnaval Bolsonaro

"A vitória da Mangueira, no Rio de Janeiro, é um cala-boca para o discurso bolsonarista que tenta apagar a história de racismo e colonialismo do Brasil", diz Glauber Piva, em sua coluna na Fórum


02 de março de 2019, 14h55

A morte do Arthur e nossa doença mental

Quando pessoas, com ou sem cargo público, com ou sem notoriedade, comemoram a morte de um menino de sete anos apenas escoltados por seu ódio, estão revelando o divórcio delas com parte de sua própria humanidade


25 de fevereiro de 2019, 13h03

Ajuda humanitária para quem?

"A tal ajuda humanitária à Venezuela é tão mentirosa quanto as boas intenções de Trump com o muro na fronteira com o México ou o curriculum vitae de alguns bolsominions."