05 de outubro de 2017, 12h29

Barnabés

Os idiotas ajudaram a derrubar uma presidenta eleita para colocar uma quadrilha que, no poder, decidiu partir para cima deles.

Os idiotas ajudaram a derrubar uma presidenta eleita para colocar uma quadrilha que, no poder, decidiu partir para cima deles.

Por Leandro Fortes

A turba de funcionários públicos que se perfilou, nas manifestações pró-impeachment, com fascistas e analfabetos políticos, para, entre outras sandices, pedir pelo Estado mínimo, sempre foi um capítulo à parte no sanatório geral que virou o Brasil verde e amarelo dos coxinhas.

São pessoas que se voltaram contra os governos que lhes deram aumentos, patrocinaram uma profusão de concursos públicos e criaram novas vagas que geraram milhares de empregos.

São cães que, manipulados por uma mídia insana e canalha, resolveram morder a mão de quem os alimentava.

Agora, a CCJ do Senado aprovou fim de estabilidade para funcionário público concursado.

Ou seja, os idiotas ajudaram a derrubar uma presidenta eleita para colocar uma quadrilha que, no poder, decidiu partir para cima deles.

Merecem passar o resto da vida comendo a merda do pato amarelo da Fiesp.

Foto: José Cruz/Agência Brasil