Blog do Rovai

12 de dezembro de 2016, 23h52

Delegado que indiciou Lula o chamou de anta e postou foto com logo da Globo no Facebook

Como curiosidade, o leitor pode olhar na foto em destaque, na parte inferior à direita, está lá o logo da Globo.

O delegado da Polícia Federal, Márcio Anselmo, que indiciou hoje o ex-presidente Lula é o mesmo que, segundo matéria feita pelo jornal O Estado de S.Paulo em novembro de 2014,  chamou o ex-presidente de “anta”, entre outros comentários agressivos contra Lula e o PT.

“Alguém segura essa anta, por favor”, disse o delegado em uma “notícia” cujo título era: “Lula compara o PT a Jesus Cristo”.

Anselmo também defendeu Aécio Neves numa desses comentários contra Lula.

“O que é ser homem sério e de respeito? Depende da concepção de cada um. Para Lula realmente Aécio não deve ser”, escreveu em um post de uma notícia em que Lula disse que Aécio não era “homem sério e de respeito”.

O indiciamento de Lula realizado no final desta segunda tem todo o cheiro de cortina de fumaça. Afinal, como o governo de Temer está desmontando e tucanos graúdos, como Aécio, começam a aparecer envolvidos em grandes operações de propina na lista da Odebrecht, havia a necessidade de se produzir urgentemente algo para mudar a agenda.

Veja também:  "Lula ainda tem muito a fazer pelo povo brasileiro", diz Carlos Lupi, presidente do PDT

Nada melhor do que um novo indiciamento de Lula e de dona Marisa.

O advogado Roberto Teixeira, que também foi indiciado, disse que recebeu a notícia menos de um dia útil após haver encaminhado os esclarecimentos que lhe foram solicitados pela PF com as provas correspondentes que, segundo ele, lhe inocentavam.

E entende que isso demonstra que o ato já estava preparado e não havia efetivo interesse na apuração dos fatos.

Como curiosidade, o leitor pode olhar na foto em destaque, na parte inferior à direita, está lá o logo da Globo. O delegado divulgou esta imagem orgulhosamente no dia 30 de dezembro de 2015, sem a menor cerimônia. É preciso dizer mais alguma coisa?

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum