Blog do Rovai

29 de setembro de 2015, 19h20

Dilma e a aula de como fazer uma reforma começando pelo telhado

chioro

Segue o comentário que fiz em áudio para o projeto Mais News e que pode ser replicado em qualquer rádio do Brasil. Se quiser replicar o comentário na sua rádio acesse aqui.

A partir de agora vou colocar também um resumo com texto no blogue. Tem gente que prefere ler do que ouvir.


A reforma ministerial que está sendo conduzida pela presidenta Dilma é uma das mais confusas da história republicana.

Primeiro, o governo anunciou com um mês de antecedência que iria diminuir 10 ministérios. Ou seja, ao anunciar um número e o governo ficou refém deste número.

Depois começou a se discutir com quantos ministérios que cada partido iria ficar. E o PMDB que não queria nem participar do governo, agora quer sete ministérios.

O PDT que já tinha deixado a base, agora já vai ficar com um. E até o PSB cogita voltar ao governo se levar um.

Ou seja, vai começar a faltar ministério de novo para acomodar a base. Ou seja, essa reforma de Dilma começou pelo telhado.

Veja também:  Joaquim Levy pede demissão do BNDES e abre nova crise no governo Bolsonaro

Uma reforma completamente absurda e que leva a crer que de fato o nome da crise política é Dilma Rousseff.

Mas de que jeito deveria ser feita essa reforma?

Em primeiro lugar, o governo deveria ter chamado os partidos com um projeto para os próximos quatro anos. Com objetivos claros.

E mostrando quais são os problemas que terão de ser enfrentados neste primeiro momento, mas ao mesmo tempo apresentando uma perspectiva de futuro para um segundo momento.

E deixando claro que quem topasse roer o osso agora, poderia comer a carne lá na frente.

Isso não foi feito.

Do jeito que a presidenta fez, os partidos vão para a negociação querendo resolver tudo agora.

Porque ninguém consegue ver futuro neste projeto.

Por isso que está tudo confuso.

Por isso que a presidenta demitiu o ministro Chioro por telefone, algo que não se deve fazer nem numa pequena empresa, quanto mais num governo federal.

Enfim, o governo está perdido e por isso que não consegue formar uma base aliada.

Veja também:  Três táticas dividem a esquerda diante do governo Bolsonaro

Se continuar assim esse novo ministério estará velho antes do ano novo raiar.

 

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum