Blog do Rovai

15 de abril de 2013, 20h11

Donato di Mauro, neonazista que postou foto enforcando morador de rua, é preso

Donato di Mauro,  25 anos, que postou uma foto no Facebook enforcando um morador de rua, em Belo Horizonte, com uma corrente, foi preso neste domingo (14). Ele foi tema de um duro post neste espaço. Donato Di Mauro, na verdade chama-se Antônio Donato Baudson Peret. Investigadores da Polícia Civil de Minas Gerais foram até Americana, interior de São Paulo, para prender Donato. Ele chegava na cidade do interior após visita à capital paulista.

Durante a semana passada, a Delegacia Especializada de Investigações de Crimes Cibernéticos de Minas Gerais passou a investigar a atuação de um grupo neonazista nas redes sociais. Além de Donato, outras três pessoas foram presas em Belo Horizonte. Este grupo pratica agressões contra moradores de rua, usuários de drogas, homossexuais, punks, skatistas e negros.

A prisão do rapaz provou que o mesmo não é “apenas” um desmiolado que propaga suas asneiras na Internet. Donato já responde a dois processos por agressão contra homossexuais em Belo Horizonte e, no momento da sua prisão, foram encontradas com ele duas facas, um facão e um soco inglês.

Veja também:  Moro passa pela prova do Senado, ganha fôlego, mas deixa um fio desencapado sobre os dados do Telegram

Donato será indiciado por apologia ao crime, com os agravantes de racismo e nazismo, além de formação de quadrilha.Parabéns a Polícia Civil de Minas Gerais e a Guarda Municipal de Americana, que apoiou a operação. Crimes de ódio e intolerância só terão fim quando existir a certeza da punição dos agressores.

Veja o vídeo do momento exato da prisão de Donato. Reparem como o “machão” neonazista do Facebook  que enforcava virulentamente um morador de rua na outra nota que produzi, se tornou um doce na ação policial. A abordagem, apesar de dura, parece ter sido feita de forma correta. Mas como não sou advogado e nem juiz, talvez alguém com mais preparo jurídico possa nos comentários dizer se a gravação e a ação foram feitas dentro da lei.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum