Blog do Rovai

25 de novembro de 2014, 13h52

Joaquim Levy subiu no telhado

Como houve o vazamento da composição da equipe econômica e a presidenta Dilma decidiu não confirmar as indicações, já há quem ache que ela está reavaliando a nomeação de Levy

Na bolsa de apostas palaciana o nome de Joaquim Levy para a Fazenda deixou de ser um palpite certo.

Como houve o vazamento da composição da equipe econômica e a presidenta Dilma decidiu não confirmar as indicações, já há quem ache que ela está reavaliando a nomeação de Levy.

Dilma nunca foi fã do ex-secretário do Tesouro Nacional da época de Antonio Palocci. E muitos ministros o consideram uma pessoa de difícil trato.

Após o anúncio do seu nome, a pressão da imprensa para que isso viesse a se confirmar e a tentativa, também midiática, de atribuir-lhe superpoderes podem ter feito Dilma lembrar que quem teve 54 milhões de votos foi ela.

Se isso vier a acontecer, o favorito para o cargo é Nelson Barbosa. O Planejamento poderia ser destinado a um nome da política. Jaques Wagner não estaria descartado.

De qualquer forma, tem circulado muito mais especulação do que informação. Dilma estaria conversando com pouquíssimas pessoas sobre a formação do novo ministério, entre elas Lula e Mercadante.

Foto: Wilson Dias/ABr

Veja também:  De tsunami a chuva ácida, governo Bolsonaro entra em estado terminal no 15M

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum